Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

08/10/2009 00h00

Jacob Gorender - A Esquerda Revelada

O idealismo e a dedicação ao PCB tiveram um preço alto: clandestinidade, prisão, tortura

Incorporar:
A visualização e/ou o uso deste material está condicionada pelos Termos de Uso do Câmara Notícias.

Foram muitas décadas de dedicação ao Partido Comunista Brasileiro, o velho PCB. E o idealismo teve um preço alto: clandestinidade, prisão, dissidências, tortura. A partir da própria vivência e de pesquisas realizadas depois que saiu da prisão, na década de 1970, Jacob Gorender faz um recorte na história da esquerda no Brasil. A vida desse historiador judeu e marxista é a base do documentário.

O depoimento lúcido e sincero de Gorender relembra a infância pobre na capital da Bahia, e o início da militância, aos 19 anos de idade. Formado na rígida disciplina do “Partidão”, o historiador enfrentou a ditadura do Estado Novo de Getúlio Vargas, a Segunda Guerra Mundial, as dissidências da esquerda, a prisão e tortura no regime militar de 64, e muitos anos de vida clandestina.

Ao abandonar a militância, foi com a mesma austeridade que se dedicou à pesquisa. “O Escravismo Colonial”, lançado em 1978, tornou-se referência no mundo acadêmico, ao reforçar o caráter escravista colonial do passado brasileiro, em contraposição às teses então vigentes nas ciências sociais, que enquadravam o país no modelo de desenvolvimento europeu – comunismo primitivo, escravismo clássico, feudalismo, capitalismo, socialismo.

Outro livro do autor que obteve destaque é “Combate nas Trevas”, a história da trajetória da esquerda na luta pela democracia no Brasil.

Depois de tantos anos, o espírito crítico da juventude está presente na análise que Gorender faz das crises internas do PCB e até mesmo de pontos ainda polêmicos para a esquerda, como resistência à tortura, traição e justiçamentos.

Ficha Técnica


Roteiro e Edição: Glória Varela
Entrevistadores: Ana Maria Braga, Ivan Santo e Tarcísio Holanda
Edição e Finalização: Joelson Maia
Imagens: Cláudio Adriano
Fotografia: Francisco Nilton
Videografismo: Videografismo: Ernani Pelúcio
Pesquisa: André Bergamo
Narração: Fabiana Melo
Produção: Ana Beatriz Arruda
Trilha Sonora: Alberto Valério

Sobre a série Memórias

Documentários que resgatam fatos marcantes do passado do Brasil por meio de personagens que foram protagonistas dos acontecimentos. Inicialmente centrado nas memórias políticas, o programa ganhou abrangência ao incorporar outras questões fundamentais para a compreensão do Brasil contemporâneo. A cada novo episódio fragmentos de recordações pessoais servem como ponto de partida para a compreensão de histórias narradas nos livros de história.

Vinheta Memórias
Depoimentos exclusivos de personagens da vida pública sobre fatos que marcaram a trajetória do País
Duração: 56 minutos

Este vídeo dispõe de legenda oculta, na versão exibida na TV Câmara