Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

25/04/2017 21h00

Reforma da Previdência

A expectativa é de intensos debates até a votação da matéria

Incorporar:
A visualização e/ou o uso deste material está condicionada pelos Termos de Uso do Câmara Notícias.

Após várias reuniões no Palácio do Planalto, o relatório da reforma da Previdência foi apresentado. E como é o normal no processo legislativo, a proposta encaminhada pelo governo já sofreu ajustes, mas até a sua aprovação no Plenário da Câmara, muita coisa ainda pode mudar. Afinal, a política baseia-se na construção de acordos. O programa debate as mudanças já realizadas e as que ainda poderão ocorrer no texto da reforma da Previdência.

Participam desta edição: deputados Rocha Loures (PMDB/PR) e Aliel Machado (Rede/PR); o assessor especial do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Arnaldo Lima; o auditor Floriano Martins de Sá Neto, representante da Associação Nacional dos Auditores da Receita Federal do Brasil (Anfip).

Perguntas e sugestões: WhatsApp (61) 99620-2573, telefone 0800 619 619, e-mail para expressaonacional@camara.leg.br e Tweet @xnacional

Apresentação - Maristela Sant'Ana



Comentários

Marly Zineide | 04/05/2017 14h44
Eu acho uma grande injustiça desse governo e de seus adeptos políticos que querem escravizar o povo criando Leis injustas. Deus fará vocês pagarem por tudo isso, pois colocam um fardo nos lombos do pobre que nem vocês mesmos conseguem carregar. É fácil estar de barriga cheia e oprimir o que está com fome. Eu e toda minha família estamos de olho no que acontece no Senado e na Câmara dos deputados, aqueles que votarem a favor dessa Lei ridícula e mentirosa porque até agora não vimos nada que beneficia o pobre, é uma Lei disfarçada e injusta e aquele que votar a favor disso nunca terá nosso voto.
Divalda Carmem Caleffi Benais | 03/05/2017 14h10
Não é justo a forma que estão querendo fazer. É assim, tem que simplesmente aceitar??? E os políticos, o que pensam da população, pobre não pode ter direito, e os agricultores??? tenham piedade!!!!
LUCIANE GONSALVES LEONEL | 28/04/2017 19h44
Mas e a pergunta sobre a mulher ....o que ela faz entre os 51 e os 59,?