Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > TV Câmara > Expressão Nacional > Expressão Nacional discute regulamentação das agências reguladoras (bl.1)
18/12/2012 15:31 - Duração: 00:25:39

Expressão Nacional discute regulamentação das agências reguladoras (bl.1)

Ao baixar e usar o vídeo, você automaticamente declara estar de acordo com o Termo de Uso.

As agências reguladoras foram criadas para intermediar conflitos, mas acabaram virando parte deles. Por um lado, elas precisam acalmar os ânimos de consumidores cada vez mais descontentes com os serviços prestados. Por outro, têm de fiscalizar e regular empresas. Nos últimos cinco anos, oito das dez agências reguladoras enfrentaram problemas de corrupção. A presidenta Dilma Rousseff quer blindar as agências da interferência política e impedir que elas sejam capturadas por interesses particulares e passem a ficar reféns de quem deveriam fiscalizar.

As agências viraram cabide de emprego, como acusam os partidos de oposição? Elas cumprem seu papel? Como fortalecer órgãos tão importantes para sociedade? 


  • Compartilhar no Orkut


Comentários

Jefferson | 26/12/2012 14:27
Como um servidor vai atuar sem recursos? É o caso da ANP que até pouco tempo atrás tinha que pedir pras petrolíferas cederem helicópteros para ela poder fiscalizar as próprias petrolíferas. Tenha dó né?
Jefferson | 26/12/2012 14:27
Porém, devemos lembrar que o governo exerce influencia direta sobre essas pessoas (sejam elas nomeadas de fora da agencia ou dentro da própria agencia), por isso as agencias deveriam ser isentas de influencias ou de decisões de qualquer um dos três poderes. Não dá para o servidor exercer sem influencias, quando o próprio governo é quem fornece ou bloqueia os recursos(de sua própria vontade) para atuação das agencias. Em 2008 o governo bloqueou 75% dos recursos das agencias.
Jefferson | 26/12/2012 14:27
Como vamos ter agencias fortes se as pessoas que são nomeadas são pessoas que estão em um dos tripés? Quando um diretor faz parte de um desses segmentos, a tendencia é beneficiar este determinado segmento, seja ele de defesa do consumidor, seja ele setor regulado seja ele governo. Na minha opinião, os diretores deveriam ser pessoas da carreira da regulação, com anos de experiencia, pois eles sabem como funciona a regulação e teoricamente são livre de influencias. (cont)
  • TV Câmara
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal