Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

21/03/2018 21h00

Quais medidas o governo estuda para cortar despesas?

Deputados Ennio Verri (PT-PR) e Alfredo Kaefer (PSL-PR) participam desta edição

Incorporar:
A visualização e/ou o uso deste material está condicionada pelos Termos de Uso do Câmara Notícias.

Quando um administrador público faz dívidas para pagar despesas cotidianas como luz ou salários, fala-se que ele violou a regra de ouro.

Isso pode custar seu cargo porque é um crime de responsabilidade.

Para evitar que isso aconteça este ano o governo federal estuda, entre outras medidas, cortar o pagamento de 50 bilhões prometidos em anos anteriores para serem pagos este ano.

Desse total, 23 bilhões iriam para a educação e 22 bilhões para a saúde.

Mas para tapar o buraco de mais de 100 bilhões previstos para este ano o governo pensa ainda em usar os recursos do Fistel, o Fundo de Fiscalização de Telecomunicações e extinguir o Fundo Soberano.

O Câmara Debate discute essas propostas com os deputados Ennio Verri (PT-PR) e Alfredo Kaefer (PSL-PR).

Siga-nos no YouTube e em outras redes sociais:

www.facebook.com/camaradeputados

www.twitter.com/camaradeputados

Apresentação - Vania Alves