Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto

Navegação Global

Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Rádio Câmara > Últimas Notícias > Comissão quer saber por que brasileiro paga tão caro para comprar carro (01'59'')

21/11/2011 14:35

Comissão quer saber por que brasileiro paga tão caro para comprar carro (01'59'')

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio quer saber por que o brasileiro paga tão caro na hora de comprar um carro. Representantes dos Ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e da Fazenda e também dos fabricantes de veículos foram convidados para participar de audiência pública sobre o assunto na próxima quarta-feira (23/11) pela manhã.

Um dos autores do pedido da audiência, o deputado Luis Tibé, do PTdoB mineiro, cita matéria recente do portal UOL segundo a qual, no Brasil, o consumidor tem que pagar pelo carro mais caro do mundo.

"Você tira o custo Brasil, tira os impostos e o carro no Brasil fica mais caro do que as montadoras vendem para outros países. A gente quer entender o porquê disso. Se tem uma explicação plausível, para ver se a gente consegue diminuir o custo do carro."

Tibé destaca que uma pesquisa do Banco Morgan Stanley, da Inglaterra, mostrou que algumas montadoras instaladas no Brasil são responsáveis por significativa parcela do lucro mundial das matrizes. O margem de lucro aqui chega a ser, segundo o estudo, três vezes maior que a de outros países.

Também autor do pedido de audiência, o deputado Felipe Bornier, do PSD do Rio de Janeiro, espera que o debate possa esclarecer as dúvidas.

"A gente vai poder debater não somente a cadeia produtiva, a questão de geração de emprego, a questão de impostos que os brasileiros pagam em cima de cada produto. Vai ser uma oportunidade de esclarecer o povo brasileiro muitas das dúvidas que tem sobre o não entendimento do motivo de o carro ser tão caro no Brasil."

Devem participar da audiência pública o primeiro vice-presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Luiz Moan Yabiku Junior; o diretor do Departamento de Indústrias de Equipamento de Transportes do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Paulo Bedran; e o secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Antonio Henrique Silveira.

De Brasília, Ana Raquel Macedo




  • Rádio Câmara
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal