Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

13/03/2018 20h19

Deputados apresentam pauta prioritária sobre segurança pública

Deputados integrantes do grupo de trabalho destinado a receber propostas sobre segurança pública apresentam prioridades de suas bancadas

Os deputados do Grupo de Trabalho destinado a receber propostas de parlamentares sobre segurança pública apresentaram, nesta terça-feira, as prioridades de suas bancadas. Cada parlamentar irá selecionar os projetos que estão em tramitação na Casa que acreditam que devem receber atenção especial.

Após analisar as propostas, o coordenador do grupo de trabalho, deputado Alberto Fraga, do DEM do Distrito Federal, informou que irá levar os mais relevantes à presidência da Câmara, para que eles sejam apreciados com prioridade.Uma das propostas apresentadas pelo deputado Davidson Magalhães, do PCdoB da Bahia, fala sobre a escolta durante o transporte de explosivos, assim como sua produção, estoque e uso (PL 7447/17).

"Tem se multiplicado o uso de explosivos, principalmente em caixas eletrônicos e, recentemente, lá no interior da Bahia, na cidade de Eunápolis, no extremo sul, houve a explosão da instituição bancária, que não foi apenas de um caixa eletrônico, mas da própria instituição".

Já o deputado Júlio Lopes, do PP fluminense, quer priorizar a proposta que regulamenta o mandado de busca coletivo. Segundo o parlamentar, a proposta é um desejo das populações das comunidades do Rio de Janeiro que vivem sob o domínio de traficantes (PL 9312/17).

 "Se acompanhados pelo Ministério público e pela Defensoria Pública, mandados de busca coletivos vão beneficiar muito a população oprimida que nesse momento participa dessa ação sob jugo. E o que se passa lá é o seguinte: as pessoas são obrigadas a guardar arsenais nas suas casas sem que queiram; são obrigadas a dar proteção ao tráfico e às milícias sem que queiram. Elas querem sofrer um mandado de busca coletivo para que elas possam se livrar do jugo dessas quadrilhas e desses criminosos".

Entre as propostas apresentadas pelos deputados do grupo de trabalho também estão mudanças no sistema prisional; a apreciação das leis orgânicas das polícias militares e civil; e modificações na lei antiterrorismo, entre outras. 1303 MT GT SEGURANÇA

O grupo de trabalho sobre segurança pública voltará a se reunir na próxima terça-feira.

Reportagem - Mônica Thaty