Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

16/05/2017 13h01

Mãe é muito mais que mãe

Quisera que, um dia, a internet também fosse assim: a mãe de toda a sabedoria, e cada brasileiro também tivesse a sua

Nada como o Dia das Mães para nos fazer pensar. Talvez seja até o mais comercial de todos os dias, mas não importa. Mãe é mãe, e esse dia mexe com a gente. Imagino como a internet mudou o jeito de sermos mães ou vermos nossas mães, aproximando tantas pessoas. Uma mensagem ou um telefonema podem sim substituir o abraço e diminuir as distâncias, fazendo a alegria de muita gente. Mas nas distâncias intransponíveis, para aqueles que não tem sua mãe, pelo menos aqui, como fica esse bombardeio digital de mensagens emotivas e açucaradas?

Não sei bem, porque passei o domingo como mãe e como filha, mas os budistas diriam: abraça a sua dor, reconheça ela, olhe bem fundo para esse sentimento e o aceite. A internet que trata a terra como mãe, os desenhos que tratam a mãe como extraterrestre que conserta tudo; a sonoridade da palavra mais repetida do mundo ou o ator que recita o poeta Mário Quintana: mãe, tão grande quanto o céu, e apenas menor do que Deus. A sorte é que mãe não tem só uma, diz Martha Medeiros, mas tem pai que é mãe, tem tia que é mãe avó e até mãe que é mãe. Eu iria, sem medo, apenas para uma religiosidade escancarada: honra teu pai e tua mãe...

As milhares de mensagens na internet nos mostram que sentimento só vale se for sentido, palavra só transforma quando é dita, e espaço só é preenchido quando a gente decide que hoje também é o Dia das Mães, como se algo fosse diferente no dia de amanhã.

Para mães sem internet, ou para os filhos rebeldes, a sorte é que todo dia, tudo pode recomeçar. Aproveite uma mensagem velha de ontem, volte duas casas como nos jogos de tabuleiro, e nunca se esqueça: tem sempre uma mãe a espera de um filho, até mesmo quem nunca foi mãe, porque mãe, todo mundo tem a sua!

Quisera que, um dia, a internet também fosse assim: a mãe de toda a sabedoria, e cada brasileiro também tivesse a sua.

Mande suas dúvidas, críticas e sugestões para papodefuturo@camara.leg.br

 

***Poderá haver diferenças entre o texto escrito e a coluna realizada ao vivo no programa "Câmara é Notícia", da Rádio Câmara***

Roteiro e comentários - Beth Veloso
Apresentação - Alex Gusmão