Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

20/06/2016 09h00

Construindo um futuro seguro na Internet (interprograma)

Os canais de reclamação da Anatel são hoje o mais eficiente meio para proteger os seus direitos, mais até do que o Procon

Ninguém se arriscaria a entrar numa floresta desconhecida na escuridão da noite guiando apenas o seu cavalo branco, você não acha? A Internet é assim: os mais inimagináveis perigos se escondem por trás de sites e links que parecem fascinantes. Mapear a floresta, conhecer suas armadilhas e levar um bom escudo com você são estratégias de sobrevivência nessa selva digital. Um bom ponto de partida é o site famíliamaissegura, busque na internet e descubra, logo na página inicial, um cipoal de cartilhas que deixam você antenado nos meandros da rede.

Além de assinar uma petição on-line, você pode acessar cartilhas que ensinam o uso seguro do celular ou como evitar o assédio sexual na rede. Saiba, ainda, como você pode requisitar os seus dados no Facebook, caso seja vítima de abusos e precise corrigir essa injustiça.

Assim como na escola, que deve propagar valores éticos e regras sociais, a internet que seu filho usa também deve ser um ambiente saudável, mais ético e seguro para todos. O passeio pelo site famíliamaissegura é obrigatório para os pais atentos à liberalidade digital de um mundo com senhas e sem fronteiras – antes que se possa chorar pelo “bite” derramado.

Eu sou a Beth Veloso e este é o Papo de Futuro. Mande suas dúvidas, sugestões, críticas e comentários para papodefuturo@camara.leg.br.