Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

06/12/2018 10h13

Novo estudo do Cedes reúne contribuições de especialistas para orientar ações na área de segurança

O deputado Capitão Augusto (PR-SP) é relator do livro e apresentou detalhes da publicação em entrevista ao Painel Eletrônico. A ideia é criar um modelo de segurança pública mais eficiente e que responda, de forma efetiva, aos desafios da criminalidade crescente

O Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Câmara dos Deputados (Cedes) lançou, nessa quarta-feira, o livro "Segurança Pública: Prioridade Nacional". O estudo – segundo sobre segurança pública lançado neste ano – reúne contribuições de pesquisadores e gestores de diferentes campos de atuação e visa orientar as ações do Legislativo e do Executivo na área de segurança. A ideia é criar um modelo de segurança pública mais eficiente na gestão de recursos escassos e que responda, de forma efetiva, aos desafios da criminalidade crescente.

O deputado Capitão Augusto (PR-SP) é o relator do novo livro e apresentou detalhes da publicação em entrevista ao Painel Eletrônico.

O livro foca três pontos principais: o modelo de polícia; o financiamento; e a gestão do sistema. Entre as propostas para o modelo de polícia está o ciclo completo e a criação da Polícia Prisional e da Polícia Técnica Cientifica, para melhorar a elucidação dos crimes. O estudo também propõe a unificação dos currículos das polícias para todo o Brasil, com nível superior para todos os policiais, e a criação de um fundo constitucional para financiar a segurança pública.

Na entrevista, o deputado Capitão Augusto também falou sobre o projeto que trata de medidas contra criminosos e empresas envolvidas com lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo. Segundo o parlamentar, dificilmente a proposta será votada até o fim do ano e, por isso, poderá entrar para a lista negra dos países que não têm compromisso com o combate ao terrorismo.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche