Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

16/11/2017 13h33

Estudo do Ipea analisa crescimento dos gastos com pessoal dos estados brasileiros entre 2006 e 2016

Ouça a entrevista do técnico de Planejamento e Pesquisa da Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas (Dimac) do Ipea, Cláudio Hamilton dos Santos

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) publicou nota técnica sobre o crescimento dos gastos com pessoal ativo e inativo dos estados brasileiros entre 2006 e 2016. O estudo, elaborado pela Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas, mostra que o gasto com servidores ativos cresceu mais de 50% em dez anos e, em 2016, a folha de pagamento das administrações públicas estaduais superou R$ 202 bilhões. Já os gastos com inativos aumentaram 66,1%, pulando de quase R$ 85 bilhões para R$ 141 bilhões.

Os resultados da pesquisa sugerem que a taxa anual de crescimento dos gastos totais com pessoal dos 26 estados e do Distrito Federal foi de 4,6% no período entre 2006 e 2016. Segundo os autores da pesquisa, esse número está bem acima do verificado para taxa média anual de crescimento do PIB nacional, que é de 2% em termos reais.

Para discutir o assunto, o Com a Palavra entrevistou o técnico de Planejamento e Pesquisa da Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas (Dimac) do Ipea, Cláudio Hamilton dos Santos. Ouça o áudio completo da entrevista.

Apresentação - Edson Junior e Elisabel Ferriche