Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

04/10/2017 10h12

Comissão geral vai discutir assassinato de PMs e demais agentes públicos de segurança no Brasil

Segundo o deputado Efraim Filho (DEM-PB), mais de 700 PMs foram assassinados este ano no país. Ouça a entrevista completa

O Plenário da Câmara vai se reunir em comissão geral para debater o assassinato de policiais militares e demais agentes públicos de segurança no Brasil. Durante a comissão geral, a palavra é aberta a convidados, diferentemente do que ocorre nas sessões.

Entre os convidados estão representantes da Associação Nacional de Entidades Representativas dos Policiais Militares e Bombeiros Militares; da Polícia Militar do Rio de Janeiro; e do Núcleo de Identidade Brasileira e História Contemporânea.

O debate foi proposto pelos deputados do Democratas Alberto Fraga, do Distrito Federal; Sóstenes Cavalcante, do Rio de Janeiro; e Efraim Filho, da Paraíba, que esteve Com a Palavra para comentar o assunto.

Segundo Efraim Filho, mais de 700 PMs foram assassinados este ano. Além do Rio de Janeiro, Bahia e Ceará foram os estados onde mais registraram mortes de policiais. De acordo com a 10ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, a cada 16 horas um policial é morto no Brasil.

Apresentação - Elisabel Ferriche e Lincoln Macário