Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

02/10/2017 07h00

Projeto que disciplina a negociação coletiva no serviço público das três esferas administrativas: união, estados e municípios.

Deputado Betinho Gomes fala da importância do projeto e que não oferece qualquer risco para a estabilidade do servidor público

A Comissão de Constituição e Justiça aprovou na semana passada projeto que disciplina a negociação coletiva no serviço público das três esferas administrativas: união, estados e municípios.

Hoje, a negociação coletiva não é uma prática comum no serviço público. O governo federal dispõe de canais de negociação, mas eles não têm amparo legal.

O deputado Betinho Gomes, PSDB de Pernambuco, relator do projeto, aprovado na semana passada pela Comissão de Constituição e Justiça e que agora vai à sanção presidencial.

Em entrevista, o deputado reconhece que o projeto é um avanço importante para disciplinar uma prática que já existe, mas que não tinha legalidade. Agora, o governo vai ter que definir um órgão que será o interlocutor para as negociações coletivas e prover os meios necessários para isso.

O deputado Betinho disse que o projeto não oferece qualquer risco para a estabilidade do servidor público e será um instrumento importante para evitar futuras greves.

Ouça o áudio completo da entrevista.

Apresentação - Elisabel Ferriche e Lincon Macário