Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

20/09/2017 07h00

Liminar da Justiça autoriza psicólogos a fazerem terapias de reversão sexual

Esse tipo de tratamento é proibido por meio de resolução do Conselho Federal de Psicologia editada pela entidade, em 1999

Uma liminar da Justiça Federal do Distrito Federal autoriza psicólogos a fazerem terapias de reversão sexual sem sofrer qualquer tipo de censura por parte do Conselho Federal de Psicologia. Esse tipo de tratamento é proibido por meio de uma resolução editada, pela entidade, em 1999.

Em 2013, a Comissão de Direitos Humanos aprovou o projeto, do deputado João Campos, do PRB de Goiás, que determina o fim dessa proibição. A proposta acabou sendo retirada de tramitação pelo autor, depois de muita polêmica.

O deputado Pastor Eurico, do PHS de Pernambuco e a deputada Erika Kokay, do PT do Distrito Federal, repercutiram liminar da Justiça Federal do Distrito Federal que autoriza psicólogos a orientar gays sem sofrer qualquer tipo de censura por parte do Conselho Federal de Psicologia.

O deputado Pastor Eurico é a favor da medida e disse que vai persistir no Projeto de Lei que também suspende a resolução do Conselho Federal de Psicologia e estabelece normas de atuação para psicólogos em relação à orientação sexual.

Já a deputada Erika Kokay disse que a decisão da Justiça é contraditória pois preservou a resolução do Conselho Federal de psicologia ao mesmo tempo em que libera as terapias de orientação aos gays.

Ouça o áudio completo da entrevista.

Apresentação - Elisabel Ferriche e Lincon Macário