Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

31/08/2017 10h53

Modernização do setor elétrico não depende de privatização da Eletrobrás, defende deputado

A opinião é do deputado Givaldo Vieira (PT-ES), que esteve Com a Palavra para antecipar o debate conjunto das comissões de Desenvolvimento Urbano; de Meio Ambiente; e de Legislação Participativa sobre a proposta de novo modelo para o setor energético brasileiro

A Comissão de Desenvolvimento Urbano promove nesta quinta-feira, juntamente com as comissões de Meio Ambiente e de Legislação Participativa, audiência pública sobre o novo modelo para o setor energético brasileiro.

A reformulação foi anunciada pelo governo, no início do mês passado, sob a alegação de que o modelo regulatório e comercial do setor elétrico está ultrapassado diante das pressões socioambientais e de ordem tecnológica.

Para conversar sobre essa proposta de modernização do setor energético, o Com a Palavra convidou o deputado Givaldo Vieira (PT-ES), presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano e um dos parlamentares que pediu a realização do debate.

Na entrevista, o parlamentar afirma considerar desnecessária a privatização da Eletrobrás. Para Givaldo Vieira, o governo está entregando o patrimônio nacional e as privatizações podem colocar o Brasil em risco. Segundo o deputado, não há margem para negociar a privatização da Eletrobrás e a oposição vai continuar trabalhando para impedi-la: primeiro com o grande debate que ocorre hoje, na Câmara; depois, com uma grande mobilização nacional.

Apresentação - Elisabel Ferriche e Lincon Macário