Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

19/04/2017 11h33

Deputado Pepe Vargas comenta relatório sobre reforma da Previdência - Bloco 2

O relator da Comissão Especial da Reforma da Previdência, deputado Arthur Oliveira Maia, do PPS da Bahia, deve apresentar hoje o relatório final com mudanças nas regras previdenciárias.

Depois de intensas negociações entre o presidente Michel Temer, ministros e líderes da base do governo, o relator da Comissão Especial da Reforma da Previdência, deputado Arthur Oliveira Maia, do PPS da Bahia, deve apresentar hoje o relatório final com mudanças nas regras previdenciárias.

O texto fixa uma idade mínima de aposentadoria para as mulheres em 62 anos. Já para os homens, o relator manteve os 65 anos. A proposta original do Executivo estabelecia uma idade mínima única de 65 anos para ambos os sexos. Esse era um dos principais entraves para fechar o relatório da reforma da Previdência.

Para debater o assunto, o Com a Palavra convidou os deputados que integram a comissão especial, Pepe Vargas, do PT do Rio Grande do Sul; e Lelo Coimbra, do PMDB do Espírito Santo, líder da minoria.

Para o deputado Lelo Coimbra, as mudanças sugeridas pelo relator atendem as reivindicações das classes trabalhadoras, como professores e policiais. Ele está confiante de que as mudanças feitas pelo relator serão suficientes para garantir o apoio da maioria do Plenário e aprovar a reforma como deseja o governo.

Já o deputado Pepe Vargas não está tão otimista. Ele considera a nova proposta "uma falácia", não concorda com as mudanças sugeridas pelo relator e garantiu que a oposição vai reagir no Plenário a fim de evitar a aprovação, além de trabalhar para informar à população sobre a propaganda “ilegal e enganosa” da Previdência que o governo estaria veiculando. Segundo Pepe Vargas, seu partido defende a ampliação da arrecadação da Previdência por meio da taxação de riquezas e lucros, de mudanças na Lei de Execução Fiscal, e de um outro modelo de previdência a ser discutido com a sociedade.

Ouça a íntegra das entrevistas em dois blocos.

Apresentação – Elisabel Ferriche e Marcio Achilles Sardi