Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

11/04/2017 10h34

Comissão discute impactos da reforma da Previdência na vida das mulheres

A deputada Rosinha da Adefal (PTdoB-AL) solicitou audiência pública sobre o tema na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e, em entrevista ao Com a Palavra, defendeu mudanças no texto do Executivo

A equiparação da idade para aposentadoria de homens e mulheres prevista na reforma da Previdência vai ser tema de debate, nesta terça-feira, na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher.

Pelas novas regras propostas pelo Executivo, as mulheres vão ter que atender aos mesmos critérios fixados para os homens e passariam a ter direito de acesso à aposentadoria somente aos 65 anos de idade, desde que completassem 25 anos de contribuição, pelo menos.

A autora do pedido para realização da audiência pública, deputada Rosinha da Adefal, do PTdoB de Alagoas, esteve Com a Palavra para falar dos impactos da reforma da Previdência na vida das mulheres. A deputada acredita que a reforma é necessária, mas afirma que o texto elaborado pelo governo precisa de adaptações para conseguir ser aprovado pelo Plenário.

Ouça o áudio completo da entrevista.

Apresentação – Elisabel Ferriche e Lincoln Macário