Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

18/03/2017 11h00

Tárik de Souza comenta livro "Sambalanço, a Bossa que Dança - Um Mosaico" - Bloco 1

Contemporâneo da bossa nova, o sambalanço apareceu como um contraponto ao formato intimista proposto por João Gilberto

Elza Soares
Elza Soares

O sambalanço, ritmo que fez todo mundo dançar, nos anos 1950 e 1960, será o assunto do programa Aplauso desta semana.

O jornalista e pesquisador musical Tárik de Souza estará no programa para contar as descobertas que ele fez sobre esse assunto e que foram registradas no livro "Sambalanço, a Bossa que Dança – Um Mosaico" (Kuarup).

Contemporâneo da bossa nova, o sambalanço apareceu como um contraponto ao formato intimista proposto por João Gilberto.

Cantores como Elza Soares, Orlandivo e Ed Lincoln eram atrações imbatíveis nas boates e nos clubes de Copacabana, onde ninguém ficava parado.

Apresentação - Carmen Delpino