Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

19/09/2016 - 12h52

Projeto cria fundo para desenvolver turismo na Chapada dos Veadeiros

Lucio Bernardo Junior / Câmara dos Deputados
Ato Público para debater o PL 1628/15, que regulamenta as atividades dos agentes de saúde e de combate às endemias. Deputados (E) Pedro Chaves (PMDB-GO) e Raimundo Gomes de Mattos (PSDB-CE)
Pedro Chaves: é necessário valorizar a cultura e fortalecer a capacidade de produção das comunidades locais para atender as demandas do mercado turístico

Proposta em análise na Câmara dos Deputados cria um fundo para estimular o desenvolvimento da região da Chapada dos Veadeiros, que abrange os municípios goianos de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante e Terezina de Goiás.

Pelo texto, o Fundo Nacional de Apoio à Região da Chapada dos Veadeiros (Funveadeiros) será usado para apoiar a qualificação de trabalhadores locais que desenvolvam produtos e atividades turísticas e culturais na região.

A proposta está prevista no Projeto de Lei 3173/15, do deputado Pedro Chaves (PMDB-GO), e também tem como foco incentivar a formação de cooperativas.

Cerrado de altitude
A Chapada dos Veadeiros abrange uma área de 21 mil km², onde vivem cerca de 60 mil pessoas. A vegetação predominante é o cerrado de altitude, com matas ciliares, veredas com buritis e campos, sendo ainda um importante berço de águas.

Dotada de grande diversidade de flora e fauna, a região abriga o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e a APA Estadual do Pouso Alto. Segundo o autor, por essas características, o turismo é a atividade com maior potencial de geração de emprego e renda na região.

Cultura
“É necessário valorizar a cultura e fortalecer a capacidade das comunidades locais para que elas possam criar artigos e produtos que atendam às demandas do mercado turístico”, disse Chaves.

Pela proposta, os recursos que irrigarão o novo fundo virão de dotações orçamentárias da União; de operações de crédito internas e externas, firmadas com entidades privadas, públicas, nacionais e internacionais; entre outras fontes.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Newton Araújo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'