Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto
Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Turismo > Turistas estrangeiros poderão ser obrigados a contratar seguro-saúde
24/07/2013 - 08h39

Turistas estrangeiros poderão ser obrigados a contratar seguro-saúde

Arquivo/ Leonardo Prado
Mandetta
Mandetta: "Hoje sujeitamos o SUS a arcar com os custos".

Os estrangeiros que visitarem o Brasil poderão ser obrigados a contratar um seguro-saúde privado, assim como já acontece com os turistas que visitam os Estados Unidos e alguns países da Europa. É o que prevê o Projeto de Lei 5542/13, do deputado Mandetta (DEM-MS).

O seguro deverá cobrir as despesas necessárias com tratamento de saúde e o repatriamento do estrangeiro, em caso de morte. De acordo com a proposta, o valor mínimo do seguro será definido pelo governo federal após a aprovação da nova lei.

“Hoje sujeitamos o SUS a arcar com os custos de eventual atendimento, internação e, até mesmo, falecimento de turistas estrangeiros que nos visitem desprovidos de seguro-saúde. É um risco desnecessário, ainda mais grave às vésperas da realização de grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas”, argumentou Mandetta. Pelo projeto, o seguro contratado deverá ser válido em todo o território nacional.

Tramitação
A proposta, que tramita de forma conclusiva, será analisada pelas comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Carolina Pompeu
Edição – Daniella Cronemberger

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Neusa | 31/07/2013 - 18h56
Ninguém viaja para fora do país sem o seguro. É justo que os estrangeiros que vem para cá fazer o mesmo.
Moizés | 25/07/2013 - 12h01
O coitado do turista já paga muito em imposto em todas as taxas alfandegárias e de embarque, além de movimentar a economia do país gastando aqui em produtos que tem em seu valor mais de 50% de imposto. O coitado merece pelo menos, ser atendido no PS de um posto de saúde quando passa mal.
  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal