Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

06/06/2018 - 18h04

Lei Seca já poupou 40 mil vidas em 10 anos, segundo pesquisa

Cleia Viana/Câmara dos deputados
Seminário 10 anos da Lei Seca (Lei 11.705/2008)
Seminário sobre a eficácia da Lei Seca no âmbito do direito penal

A Lei Seca (Lei 11.705/08) está completando dez anos e segundo pesquisa realizada pela Escola Nacional de Seguros, desde sua implantação, já poupou 40 mil vidas no trânsito e 235 mil pessoas de invalidez permanente.

Para o deputado Hugo Leal (PSD-RJ), autor do projeto que deu origem à lei em 2008, a Lei Seca gerou uma mudança de comportamento não apenas pelas ações punitivas.

"A modificação legislativa foi importante, mas mais importante é a modificação da própria sociedade, a percepção que a sociedade teve de que a combinação de álcool e direção causa fatalidade”, destacou.

Hugo Leal percebe consciência ainda maior entre os jovens. “Uma geração que tá chegando agora, começando a tirar a sua carteira de habilitação com 18, 20 anos e que hoje já chega com outra cabeça, outra perspectiva”, disse.

O assunto foi debatido em seminário da Comissão de Viação e Transportes sobre "a eficácia da Lei Seca no âmbito do direito penal".

Familiares de vítimas

Ouça esta matéria na Rádio Câmara

Ao falar sobre as mortes no trânsito causadas por motoristas embriagados, a deputada Christiane Yared (PR-PR) contou sobre a dor de perder o filho no trânsito e disse que a Justiça para esses casos precisa ser mais rápida.

"A Justiça é para que outros filhos tenham a chance de estarem vivos. Por isso que quando a Justiça é tardia, ela é falha. Porque todo o trabalho que fazemos aqui, promotores, delegados, agentes de trânsito, Ministério Público, Polícia Rodoviária Federal, as ONGs, Câmara, Senado, a lei aprovada, tudo isso vira nada quando você tem que conviver pro resto da vida com a morte de alguém que você amava."

O representante do Movimento "Não foi Acidente", Ava Gambel afirmou que é preciso parar de tratar essas mortes como fatalidades. "Nós familiares, que perdemos nossos entes queridos, acreditamos que quem bebe e dirige assume o risco de matar, então não é acidente."

Eventos
Além do seminário, há uma exposição sobre o tema no Anexo 2 da Câmara, disponível até 14 de junho. O deputado Hugo Leal lançou também o livro Lei Seca 10 anos - A Lei da Vida, no qual conta os bastidores da tramitação da proposta e fala da violência do trânsito no Brasil.

Reportagem - Giovanna Maria
Edição - Geórgia Moraes

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Erasmo Neto | 08/06/2018 - 15h18
Perguntas a Escola nacional de seguros.Já fizeram pesquisas do potencial destrutivo dos reservatórios veiculares em caso de acidentes.Ex: sei que com pouco combustível sobra espaços para gases necessários a explosão.Com 20 litros em caso de vazamento;o fogo destrói quanto,com 1000 litros?Desculpem-me,neste momento que escrevo sinto cheiro de carne humana queimando,na reta de Jacarei S/P e na serra do cem na B/A,sem falar das terríveis imagens.Se os reservatórios forem menores só temos todos a ganhar em todos sentidos,inclusive na geração de empregos nas cidades pequenas cortadas por rodovias.
Erasmo Neto | 08/06/2018 - 13h10
Ajudem-me,por favor;não consigo encontrar na Bíblia no novo testamento que Jesus pediu para alguém ser punido,só encontro renuncias e perdão nas atitudes Dele;ex: a tua fé te curou;quem de vós que nunca pecou atire a primeira pedra;vai mulher e não peques mais.Por favor não quero ser mais um hipócrita sem perceber,estou procurando ser cristão na pratica.Cautela pesquisas podem ser questionadas. Quantos podem ter morrido por outras drogas receitadas por médicos.Ex: conheci um bêbado que parou de ingerir álcool e começou a ingerir compridos com receita médica,percebi os reflexos dele pioraram.
Erasmo Neto | 08/06/2018 - 12h47
Quando bebemos fornecemos informações direta aos nossos semelhantes,pelos movimentos do corpo pelo cheiro da respiração,pela fala.Conseguem perceber as leis de Deus que usamos nas comunicações sem interferência de terceiros?Lei seca ou recomendações para não beber?Lei obriga todos nós cumprir no planeta,sem distinção de cor, credo,movimento social;lei da gravidade,respiração,alimentação.Isso são leis divinas,as quais a Doutrina espirita indica estudar.Na infância conseguia perceber bêbados,fumantes e o veneno dos escapamentos veiculares;hoje não percebo nem se algum policial cheirou cocaína.