Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

05/12/2017 - 15h47

Comissão aprova permissão para habilitação específica para veículo com câmbio automático

Leonardo Prado/Câmara dos Deputados
Audiência Pública e Reunião Ordinária. Dep. Hugo Leal (PSB - RJ)
O relator, Hugo Leal, estendeu possibilidade a todos os veículos

A Comissão de Viação e Transportes aprovou proposta que permite tirar carteira de habilitação específica para condução de veículos com câmbio automático. O texto (PL 7746/17) acrescenta dispositivos ao Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97), prevendo multa em caso de infração.

O relator na comissão, deputado Hugo Leal (PSB-RJ), apresentou um substitutivo ao analisar a sugestão originalmente feita pela deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO), que tratava apenas da condução de motocicletas.

“Propomos estender essa possibilidade a todos os tipos de veículos. Afinal, além das motocicletas, motonetas e ciclomotores, a tecnologia do câmbio automático está presente também em automóveis, ônibus, micro-ônibus e caminhões”, disse Hugo Leal.

Conforme o substitutivo, haverá mudança nos exames de direção, e os candidatos poderão ser habilitados a dirigir apenas veículos com câmbio automático. Nesse caso, o condutor aprovado nessa categoria não poderá dirigir veículos com transmissão mecânica – se o fizer, cometerá infração gravíssima, sujeito a multa e retenção do veículo.

Tramitação
A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada ainda pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Ralph Machado
Edição - Rosalva Nunes

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Renison Reinaldo | 17/07/2018 - 16h02
O Flávio Augusto Pakes representa bem o provincianismo brasileiro. Nem leu a proposta na íntegra e já esta se achando no direito de ir fazer lobby com os políticos locais com sua ideias pré concebidas. Lamentável.
Flávio Augusto Pakes | 15/07/2018 - 09h19
Mais uma lei burocrata caça níquel, nos seguintes níveis: mais taxas para se solicitar a habilitação em categoria especial (câmbio automático), mais horas em auto escola, e mais uma forma de multar (por um motivo exdrúxulo). Vou conversar com os deputados que representam minha região, pois não é possível que um projeto desse seja aprovado.
Newton Filho | 11/07/2018 - 21h14
CERTAMENTE SE ISTO FACILITA A VIDA DE QUEM DESEJA TIRAR A CARTA PARA DIRIGIR UM CARRO AUTOMÁTICO, O MAIOR ENTRAVE PARA ESTA APROVAÇÃO SERÃO OS CENTROS DE FORMAÇÃO DE CONDUTORES, QUE TEM UM FATURAMENTO GIGANTESCO NA REPROVAÇÃO DE ALUNOS. SE O CIDADÃO TEM CONDIÇÃO DE TER UM CARRO AUTOMÁTICO QUE SEJA BENEFICIADO POR ISTO. A SEGURANÇA DE UM CARRO AUTOMÁTICO É MUITÍSSIMO MAIOR PARA O TRANSITO E PARA VIDA DAS PESSOAS. CHEGA DE PROVINCIALISMO!!!!! ESTAMOS AINDA NO SÉCULO 19 NESTE ASPECTO.