Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

07/08/2017 - 15h36

Proposta cria habilitação específica para motos com câmbio automático

Vinícius Loures/Câmara dos Deputados
Seminário Internacional – Governança e Democracia: um caminho para o desenvolvimento. Dep. Mariana Carvalho (PSDB - RO)
Mariana Carvalho: livre escolha dos cidadãos

A Câmara analisa o Projeto de Lei 7746/17, da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO), que permite tirar carteira de habilitação específica para condução de motocicletas com câmbio automático. O texto acrescenta dispositivo ao Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97).

A atual habilitação na “Categoria A” destina-se a “condutor de veículo motorizado de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral”. A proposta estabelece duas subcategorias: A1, para motocicletas com transmissão de câmbio automática; e “A2, para todos os modelos de motocicletas independentemente do câmbio de transmissão.

Segundo a autora, a alteração da legislação se faz necessária devido ao princípio da livre escolha dos cidadãos, “que poderão optar por somente tirar a carteira de habilitação para conduzir motocicletas com transmissão de câmbio automático”. Mariana Carvalho lembra ainda que esses modelos são os preferidos por iniciantes e mulheres.

Tramitação
A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Ralph Machado
Edição - Rosalva Nunes

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

carlos | 08/01/2018 - 19h54
povo reclamada de tudo, muita gente tem dificuldade em pilotar moto com marcha ai tira a automatica é uma otima opção, lembrando q nao muda nada para quem ja tem, só para quem quer tirar para moto automatica . parabens muito bom, mulheres q querem tirar a caretira para pilotar a pcx ou burgaman tem q tirar com marcha? nao mais muito bom mesmo espero q seja aprovado e para os q cristica vao ver quantas pessoas vai tirar esta carteira, eu mesmo trabalho em escritorio e uso terno, com esta moto iria trabalhar todo dia, ja com moto de marcha nao da suja toda roupa é uma otima opção . aprovado
Alex Sandro Beraldo | 12/12/2017 - 18h54
Pelo que entendi do projeto, apenas se criam as opções para se habitarem nesta categoria específica. Se eu tenho a categoria D continuo a poder dirigir qualquer tipo de veículos tanto automático como mecânico? No meu caso não muda nada. Seria isso mesmo? Se for assim conhecido
Olá Alex, para que possamos respondê-lo devidamente, encaminhe seu questionamento para o nosso Fale Conosco em: https://camara.custhelp.com/app/utils/login_form/redirect/home/session/L3RpbWUvMTUxMzExNDQ1MS9zaWQvZlVjazZtMGZPRkpYZUVobGpkRExPMTFfaENVbTlLWkVBNGllYXN6R1IwUnpEUkdpZTZFalllUnlmaE5ZJTdFR1oxQkxRdzJLMGhsSXlKdzcxU1hYMHJVVlJmWEd1RWhtU3F6TGVMUl9iNnhsWUZZVXhDamd2Y2ZndVElMjElMjE=
Resposta enviada pela Câmara dos Deputados
Luis Antonio | 11/12/2017 - 15h37
Com essa proposta o Brasil se torna, salvo engano, o primeiro país do mundo a ter essa distinção absurda na CNH. Enquanto temos tantos problemas a serem sanados, os senhores se preocupam com assuntos pífios de dar vergonha. Proponham leis de proteção aos cidadãos em condições de pobreza extrema, que não conseguem acesso à saúde pública de qualidade... Proponham leis que ajudem na educação das nossas crianças e deixem de legislar em causa própria. Chega a ser constrangedor acompanhar o vosso trabalho, senhores deputados.