Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto

Navegação Global

Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Transporte e Trânsito > Comissão aprova exigência de placas educativas sobre trânsito em estradas
18/05/2017 - 12h04

Comissão aprova exigência de placas educativas sobre trânsito em estradas

Divulgação
Deputados A - C/ Deputada Christiane de Souza Yared
"O excesso de velocidade e as ultrapassagens indevidas são as maiores causas de colisão frontal", afirmou Christiane ao defender a aprovação do projeto

A Comissão de Viação e Transportes aprovou o Projeto de Lei 3523/15, que obriga o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) a colocar placas educativas nas rodovias federais, a cada 50 quilômetros.

Pela proposta, do deputado Vinicius Gurgel (PR-AP), a exigência também valerá para os trechos rodoviários federais concedidos à iniciativa privada.

O parecer da relatora, deputada Christiane de Souza Yared (PR-PR), foi favorável à aprovação da proposta, com emenda. Ela altera o dispositivo no qual a medida é inserida no Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97).

“Em um país continental, com rodovias que alcançam até 4.658 km, caso da BR-101, a colocação de placas educativas ao longo de sua extensão incita a atenção do motorista e reforça o aprendizado da boa conduta”, disse a relatora.

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Lara Haje
edição - Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Erasmo Neto | 19/05/2017 - 11h28
Não resolve e muito menos ajuda educar.O excesso de conforto nos veículos é uma das causas mais graves ainda não estudadas é um dos principais motivos dos acidentes.Palavra de ex motorista de caminhão.A falta de respeito através de modificações;Ex:falta de transparência nos vidros,modificações na suspensão e nos pneus e rodas.Sociedade educada para competição o bom senso dos desdobramentos das atitudes individuais se revelam nas lamentações.A competição começa no setor religioso e alcança o setor cientifico.A competição não permite convivência pacifica. Realidade construída por todos nós.
  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal