Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

26/01/2016 - 17h43

Comissão torna obrigatória contratação de seguro para veículos oficiais

Arquivo/Zeca Ribeiro
Diego Andrade
Diego Andrade estendeu obrigação de contratação de seguros para veículos de prestadores de serviço à administração pública

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou proposta que torna obrigatória a contratação de seguros contra acidentes de trânsito, furto e roubo para veículos de propriedade da União, dos estados e do Distrito Federal. De acordo com o texto, as seguradoras deverão ser contratadas por meio de licitação.

A proposta acrescenta dispositivos ao Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) e também obriga locadoras de veículos que prestem serviços de transporte oficial a contratar seguros contra acidente de trânsito, furto e roubo. Os seguros deverão ter, no mínimo, as seguintes coberturas: R$ 50 mil de danos materiais; e R$ 50 mil de danos pessoais.

O texto aprovado é o substitutivo do relator, deputado Diego Andrade (PSD-MG), ao Projeto de Lei 7872/14, do deputado Lincoln Portela (PR-MG). O projeto original torna obrigatório o seguro automotivo para os veículos oficiais. O relator estendeu a exigência do seguro às locadoras de veículos que prestam serviços à administração pública.

“É importante que aqueles que prestem serviços de transportes à administração sejam obrigados a realizar seguro veicular de seus veículos quando em atividade prevista em contrato, pois não se pode permitir que empresas particulares sujeitem a administração pública a responder subsidiariamente e/ou solidariamente por danos que essas empresas possam vir a causar a terceiros”, afirmou Andrade.

Tramitação
De caráter conclusivo, a proposta será analisada agora pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Lara Haje
Edição - Mônica Thaty

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

ALEXANDRE | 31/01/2016 - 18h32
esta proposta deve se estender a estados e principalmente a municípios. PARABÉNS