Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

18/09/2015 - 14h08

Segurança Pública aprova utilização de recursos do FNS em projetos viários

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado aprovou, no último dia 9, o Projeto de Lei 1027/15, do deputado Efraim Filho (DEM-PB), que possibilita o uso de recursos do Fundo Nacional de Segurança em projetos viários.

Pelo texto, os recursos do FNSP poderão ser empregados em projetos destinados a reequipamento, treinamento e qualificação de agentes de trânsito. Ainda segundo a proposta, na avaliação dos projetos, o Conselho Gestor do fundo priorizará a qualificação dos agentes de trânsito e a manutenção da ordem pública, além da preservação da incolumidade das pessoas e de seu patrimônio nas vias urbanas e rurais.

Por fim, o texto assegura acesso ao FNSP pelo município que criar e mantiver seu órgão, ou entidade executiva responsável pela segurança viária, com seus agentes de trânsito estruturados em carreira.

O relator na comissão, deputado Laudívio Carvalho (PMDB-MG), defendeu a aprovação da proposta: “O projeto, ao mesmo tempo que possibilitará que os recursos do FNSP sejam empregados em prol da segurança viária, fará com que os gestores públicos elaborem projetos que contemplem essa nova dimensão da segurança pública”, justificou o parlamentar.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição - Luciana Cesar

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Abdon Rezende Valença | 12/12/2016 - 10h48
Segurança pública é dever do estado, responsabilidade de todos. Estão de parabéns por essa iniciativa.
Abdon Rezende Valença | 12/12/2016 - 10h47
Segurança pública é dever do estado, responsabilidade de todos. Estão de parabéns por essa iniciativa.
Elaine | 18/09/2015 - 17h46
Os senhores estão criando duas policias municipais, as Guardas Municipais de trânsito e os funcionários das TRANS com poder de policia, olha a encrenca futura, que os senhores especialistas em segurança pública estão arranjando.