Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto
Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Transporte e Trânsito > Projeto obriga instalação de proteção contra cerol em motos
31/01/2013 - 13h46

Projeto obriga instalação de proteção contra cerol em motos

Dep. Onofre Santo Agostini (PSC-SC)
Agostini: apesar da proibição em alguns estados, o uso do cerol nas linhas é disseminado de geração em geração.

A Câmara analisa o Projeto de Lei 4595/12, do deputado Onofre Santo Agostini (PSD-SC), que muda o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) para obrigar a instalação nas motocicletas de dispositivo protetor contra linhas.

O objetivo, segundo o deputado, é evitar acidentes envolvendo motocicletas e linhas de pipa com cerol. Pela proposta, a regra será obrigatória a partir de um ano depois da regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

“Apesar da proibição do uso de cerol nas linhas de pipa em alguns estados, esse costume, largamente disseminado de geração em geração, não deixará de ser usado como brincadeira de crianças e até de adultos. Portanto, cabe ao Estado prever essa situação e atuar para prevenir que acidentes continuem a tirar a vida de milhares de motociclistas vítimas dessa prática comum”, declarou o deputado.

A obrigatoriedade valerá também para motonetas de uso de transporte de carga ou de passageiros (mototáxi).

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Rodrigo Bittar
Edição – Marcelo Westphalem

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Andre Luiz F. R. Barca | 15/05/2014 - 14h38
Projeto típico de político brasileiro, que pensa que aqui no Brasil é o rabo que balança o cachorro e não ao contrário. Ora! por que não tornar crime hediondo tal prática? Cerol é tão perigoso quanto dirigir alcoolizado ou soltar balões. Talvez até mais. Não é possível que a pessoa que se utilize dessa prática não saiba que o potencial de ferir e matar alguém é grande.
Trânsito Escola | 05/02/2013 - 17h46
Redundância quanto à obrigatoriedade de uso de proteção contra cerol para motofrete e mototáxi já que há resolução para isto. Assessoria deve se ater as atualidades para não cair em mesmice. Quanto à obrigatoriedade para demais motos, o Estado tem que proteger a coletividade, mas o problema é resolvido parcialmente já que o cerol fere também que solta pipa. Várias crianças, adolescentes e adultos já se machucaram, e alguns quase tiveram amputação de dedo pelo uso de cerol. O projeto não resolve tudo.
Fernando Lima | 02/02/2013 - 11h43
Sou contra, a obrigação seria do Estado prender quem fabrica,vende e compra essa letal arma chamada CEROL, além de prender os responsáveis dos menores que usam a arma CEROL.
  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal