Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Acessível em Libras
  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto
Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Transporte e Trânsito > Ônibus e caminhões poderão ter limitador de velocidade
10/06/2011 - 10h19

Ônibus e caminhões poderão ter limitador de velocidade

Brizza Cavalcante
Leonardo Quintão
Leonardo Quintão pretende reduzir acidentes de trânsito.

A Câmara analisa proposta que torna obrigatório o equipamento limitador de velocidade nos veículos de transporte de passageiros com mais de dez lugares, nos de transporte escolar e nos caminhões. A medida está prevista no Projeto de Lei 936/11, que modifica o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97).

Hoje, esses veículos já devem contar com um equipamento que registra a velocidade e o tempo automaticamente. O limitador de velocidade seria mais um instrumento obrigatório. Para o autor da proposta, deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG), essa é uma “solução simples e eficaz para reduzir o alarmante número de acidentes de trânsito”.

O deputado explica que, embora representem apenas 5% da frota nacional, esses veículos estão envolvidos em cerca de um terço dos acidentes em rodovias. A razão, segundo ele, é o excesso de velocidade.

Pela proposta, a regulamentação da medida ficará a cargo do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Viação e Transportes e Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Carolina Pompeu
Edição – Daniella Cronemberger

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Jose Alves de Araujo Filho | 14/06/2011 - 22h45
Medida mais que oportuna. A eletrônica está presente em todos os veículos. Um simples chip que corte a potência do motor ao superar a velocidade permitida resolverá o problema. Não é nada do outro mundo. Basta que nossos representantes tenham vontade de coibir os abusos que diariamente presenciamos.
Gustavo Barros | 14/06/2011 - 14h37
Não adianta, pois facilmente pode-se ser retirado o limitador. O problema não é a velocidade, lá fora temos ônibus que andam tranquilamente a 160 km/h. Não acredito que seja necessario criar artificios mirabolantes para resolver o problema de falta de infra-estrutura e a capacidade de governo de cumprir a lei que existe.
Luiz Eduardo da Silva | 13/06/2011 - 10h46
Espero que seja aprovada, pois é comum encontrarmos ônibus e caminhões numa velocidade acima de 110km/h, o que causa muitos acidentes com vítimas fatais. Pabaréns pelo projeto.
  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal