Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

13/12/2018 - 19h12

Câmara regulamenta profissão de técnico em imobilização ortopédica

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Ordem do dia para discussão e votação de diversos projetos. Dep. Arnaldo Faria de Sá (PP - SP)
Proposta de Arnaldo Faria de Sá exige nível médio e curso técnico com duração mínima de dois anos

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (13) a regulamentação da profissão de técnico em imobilizações ortopédicas. A proposta segue para sanção presidencial.

Foi aprovado o texto do Senado para o Projeto de Lei 1681/99, do deputado Arnaldo Faria de Sá (PP-SP). A proposta define a área de atuação do profissional, responsável pela aplicação e retirada de gesso e outras imobilizações ortopédicas, como talas. Será exigido nível médio e curso técnico com duração mínima de dois anos em instituição reconhecida pelo governo.

Os deputados acompanharam a sugestão do relator na Comissão de Seguridade Social e Família, Antonio Brito (PSD-BA), de retirar do texto final o artigo que define a jornada de trabalho em seis horas diárias ou 30 horas semanais. “É mais adequado manter o texto aprovado na Câmara, que prevê a definição da jornada em convenção coletiva de trabalho”, argumentou.

Curso de formação
A proposta determina que o curso para formação de técnico em imobilizações ortopédicas só será reconhecido se for orientado por médico ortopedista e apresentar instalações satisfatórias e corpo docente de idoneidade profissional. Serão necessárias aulas práticas e teóricas, com a previsão de centros de estágio.

A redação final do texto foi assinada pela relatora em Plenário, deputada Erika Kokay (PT-DF).

Íntegra da proposta:

Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Donizetti Cláudio de Souza | 23/12/2018 - 20h01
Gostaria aqui de agradecer o sr Celso da Abratio hoje Asterge também do nosso amigi que também em parceria e com nuita lura o deputado Sr Jooji Hato devendo ser lembrafo que quandi atuante com saude foi patrono desta luta com o sr Celso por nós mesmo ja em final de carreira ver os seguintes profissionais garantidos em sua formação profissional e a profissionalização do técnico em imobilização ortopédica garantifo e protegido fazem parte integrante e reconhecido pelo sua prestação de serviços em qualquer lugar se assegurando de todos os seus direitos geato e parabéns pelo passo adiante
Donizetti Cláudio de Souza | 23/12/2018 - 20h00
Gostaria aqui de agradecer o sr Celso da Abratio hoje Asterge também do nosso amigi que também em parceria e com nuita lura o deputado Sr Jooji Hato devendo ser lembrafo que quandi atuante com saude foi patrono desta luta com o sr Celso por nós mesmo ja em final de carreira ver os seguintes profissionais garantidos em sua formação profissional e a profissionalização do técnico em imobilização ortopédica garantifo e protegido fazem parte integrante e reconhecido pelo sua prestação de serviços em qualquer lugar se assegurando de todos os seus direitos geato e parabéns pelo passo adiante
Rosangela | 23/12/2018 - 19h13
Quero agradecer ao esforço do senhor Celso presidente da ASTEGE e ao senhor Wladmyr vice presidente da ASTEGE,por serem tão dedicados com a nosso categoria, nos técnicos estavamos como filhos sem pai e hoje sabemos que temos duas pessoas que podos contar sempre, meus muito obrigado a ASTEGE.