Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

15/10/2018 - 18h00

Congresso comemora 30 anos do Sindilegis

Homenagem foi feita em sessão solene realizada nesta segunda-feira (15)

Em homenagem aos 30 anos do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União (Sindilegis), comemorado no último dia 2 de julho, o Congresso Nacional realizou, nesta segunda-feira (15), sessão solene presidida e requerida pelo senador Hélio José (Pros-DF), no Plenário do Senado Federal.

A fundação do sindicato aconteceu em 6 de outubro de 1988, um dia após a promulgação da Constituição Federal. “Foi a Constituição democrática de 1988 que tornou não apenas possível, não apenas legal, não apenas livre, mas tornou constitucional o direito de o servidor público civil criar sindicatos e a eles se filiar ou se desfiliar a qualquer tempo”, afirmou o senador Hélio José.

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Destinada a comemorar os 30 anos do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União - Sindilegis
Sessão solene do Congresso nacional comemorou o aniversário do sindicato

Segundo ele, o Sindilegis tem uma história de lutas e conquistas. “Graças ao apoio do Sindilegis, os trabalhadores do Congresso Nacional e do TCU conseguiram manter preservada uma série de direitos ao longo desses anos”, disse. Ele também destacou que “não foram poucos os ataques vindos ora da imprensa, ora dos próprios integrantes do Parlamento, de alguns setores da sociedade civil e, principalmente, de alguns mandatários à Presidência da República”.

O presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão, destacou que o sindicato é o primeiro de servidores públicos federais do Brasil. “A nossa história está intimamente ligada com o restabelecimento da democracia no Brasil e os direitos e garantias fundamentais por ela conferidos aos cidadãos brasileiros”, declarou. “Por muitos anos tivemos como slogan ‘Sindicato da Democracia’, em alusão aos princípios que defendemos e aos servidores públicos dos órgãos federais que simbolizam a soberania popular”, completou.

Reforma da Previdência
A deputada Erika Kokay parabenizou o Sindilegis pelo papel fundamental que ele exerceu para “tentar desnudar o que representava a Reforma da Previdência”. Segundo a deputada, “na verdade, se buscava retirar o direito das pessoas de se aposentar em um país onde 53% dos municípios têm uma expectativa de vida média inferior a 65 anos”.

Kokay completou dizendo que o Sindilegis “cumpriu uma função cidadã não apenas para trabalhadores e trabalhadoras do Poder Legislativo, mas para o conjunto da população brasileira ao denunciar de forma tão ativa os meandros que estavam por trás dessa reforma da Previdência”.

A deputada destacou ainda que o sindicato esteve presente em todas as discussões sobre direitos em âmbito nacional. “Esse sindicato foi fundamental para que se pudesse fazer uma resistência contra a emenda constitucional 95, que faz com que nós tenhamos o congelamento de toda as despesas primárias, inclusive as despesas das políticas públicas”, concluiu.

Sindilegis
O Sindilegis tem alcance nacional: dentre os mais de 11 mil filiados, estão os membros das Secretarias Regionais de Controle Externo do Tribunal da União nos estados. Ao longo de sua história, o sindicato se destacou por mobilizações em prol de melhores condições de trabalho do servidor do Legislativo.

Da Redação - Com informações da Agência Senado

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'