01/12/2017 - 15h03

Comissão aprova piso salarial de vigilantes

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Homenagem à Semana Farroupilha. Dep. Assis Melo (PCdoB - RS)
Para Assis Melo, a proposta valoriza os trabalhadores da área de segurança privada

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou o Projeto de Lei 7042/17, dos deputados Nelson Pellegrino (PT-BA) e Erika Kokay (PT-DF), que fixa piso salarial para vigilantes em três mil reais.

Relator da matéria, o deputado Assis Melo (PCdoB-RS) disse que o projeto valoriza os profissionais da vigilância privada. “O rigoroso controle sobre as empresas de segurança, fiscalizadas pela Polícia Federal, e os requisitos de formação profissional sinalizam que a atividade é essencial e que seus trabalhadores merecem receber um salário condigno”, ressaltou.

Pelo texto, o salário-base da categoria será reajustado anualmente, no início de janeiro, com correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

A proposta altera a Lei nº 7.102/83, que trata da segurança de estabelecimentos financeiros, estabelece normas para constituição e funcionamento das empresas particulares que exploram serviços de vigilância e de transporte de valores.

Tramitação
A proposta será analisada de forma conclusiva pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Emanuelle Brasil
Edição – Sandra Crespo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Agnaldo santana macedo | 15/01/2019 - 09h47
ISSO SO VAI FICAR NO PAPEL NA VETDADE O QUE E FACIL ELES AUMENTAREM O SALARIO DELES EM SEGUNDO E O DA GENTE VAI E ANOS UMA VERGONHA ESSE PAIS QUEM TRABALHA GANHA UM SALARIO DE MISERA E QUEM NAO FAZ NADA FICA RICO EM POUCAS HORAS
Luis Edson | 12/01/2019 - 15h40
Seria um ato Justo e de valorização, desse profissional. Venho pedir aos deputados que foram eleitos, que aprovem o piso salarial desses profissionais, acima de qualquer coisa são humanos, merecem ter uma vida digna com suas famílias. Que Deus vos dê o distanciamento para tomar essa decisão importante que vai valorizar a vida desses profissionais. Deus Abençoe os nossos governantes no nome de Jesus!
Vanderson Silva | 20/12/2018 - 01h02
Olá prezados colegas e câmara! Quero dizer que as empresas de seg.privada a maioria ganham lucros exorbitantes ás custas de nossos serviços, podendo ser em alguns casos até 4 ou 5x mais! Ou seja, podem pagar com o valor do lucro até 4 ou 5 vigilantes a mais para o serviço e ainda assim terem lucro! Por isso esse piso não iria nem fazer cócegas no bolso dos empresários do ramo! Mas iria fazer muita diferença para nós, seria uma baita motivação para nós e nossas famílias. Pensem nisso. Gratidão. Att.Vanderson Silva.