Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

01/12/2017 - 15h03

Comissão aprova piso salarial de vigilantes

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Homenagem à Semana Farroupilha. Dep. Assis Melo (PCdoB - RS)
Para Assis Melo, a proposta valoriza os trabalhadores da área de segurança privada

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou o Projeto de Lei 7042/17, dos deputados Nelson Pellegrino (PT-BA) e Erika Kokay (PT-DF), que fixa piso salarial para vigilantes em três mil reais.

Relator da matéria, o deputado Assis Melo (PCdoB-RS) disse que o projeto valoriza os profissionais da vigilância privada. “O rigoroso controle sobre as empresas de segurança, fiscalizadas pela Polícia Federal, e os requisitos de formação profissional sinalizam que a atividade é essencial e que seus trabalhadores merecem receber um salário condigno”, ressaltou.

Pelo texto, o salário-base da categoria será reajustado anualmente, no início de janeiro, com correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

A proposta altera a Lei nº 7.102/83, que trata da segurança de estabelecimentos financeiros, estabelece normas para constituição e funcionamento das empresas particulares que exploram serviços de vigilância e de transporte de valores.

Tramitação
A proposta será analisada de forma conclusiva pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Emanuelle Brasil
Edição – Sandra Crespo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Hercilio | 30/11/2018 - 21h56
Uma vergonha o vigilante ganhar um salário defasado ,para arriscar a própria vida para defender um patrimônio, como tbm a vida das pessoas. Ainda tem patrões que não pagam o que é certo e de merecedor por lei, como o dsr,hora noturna reduzida ,abono família, a hora extra etc. Uma categoria que merece respeito e um salário digno de 3 mil reais com todos os benefícios, plano de saúde para profissional e para sua família, o risco de vida 50% , vale alimentação de 25 reais por dia trabalhado ou fazendo extra ,um auxílio para categoria , direito a à moradia para categoria ,porte De arma e etc.
Anderson Nunes Ribeiro | 13/11/2018 - 20h11
Tive a oportunidade e o prazer de conversar á alguns meses atrás com o Deputado Federal (me preservo o direto de não citar o nome ), que me informou que o PL 7042/2017 depende de uma analise junta de uma comissão. O mesmo informou ainda que todos os vigilantes deveriam entrar em contato com o Deputado Federal senhor Paulo Pain, afim de que fosse solicitado ao mesmo, caso este viesse a ser o relator da tal comissão, que enviasse o projeto somente se o ATUAL presidente do Senado( EUNICIO DE OLIVEIRA )da casa NÃO fosse reeleito, tendo em vista que o mesmo possui interesses pessoais.
Daniel Alves | 02/11/2018 - 10h56
Prezado deputados aprovação desde piso de R$3000 para a categoria de vigilante patrimonial e tao necessário pois, da o minimo de dignidade aos vigilantes que arrisca vidas dentro de agencia bancarias, carro fortes, e industrias. hoje a segurança privada tem maior numero de agente privados que faz segurança no Brasil. Somos a 3° força auxiliar da segurança publica dentro das empresas privadas. Aprovação da PL7042/2017 tem que ser de caráter de urgência pois o Salario da categoria segue anos defasados. Pois faço apelo ao nobres deputados Principalmente aqueles que são forças militares.