Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

17/03/2017 - 11h47

Confira a proposta do governo para a aposentadoria dos servidores públicos

.

Reportagem - Janary Júnior
Edição - Ralph Machado

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Gilson Rodrigues Rosa | 07/04/2017 - 18h13
Há que se fazer a distinção entre os benefícios assistenciais(aposentadoria dos trabalhadores rurais, BPC e um monte de benefícios que sai da seguridade social, tais como pensão para as vítimas da talidomida, hanseníase, vítimas da contaminação da hemodiálise em Pernambuco etc.,e dos direitos previdenciários(trabalhador que trabalhou e contribuiu).O governo não pode querer enganar o povo com esta estória de défict. No que pertine aos benefícios assistenciais, lógico que são deficitários a pessoa não tem nem pra ela como ela poderia contribuir. Agora,a previdência é contributiva, portanto ela n
Josué de assis | 03/04/2017 - 12h57
É um reforma injusta que retira direitos dos trabalhadores, deputado ou senador que votar em uma aberração dessas NÃO MERECE REELEGER NUNCA MAIS
Vladimir Gonçalves | 30/03/2017 - 21h16
São sensacionais os políticos brasileiros, eleitos para representar o povo, usar os impostos em benefícios para o povo, mas fazem exatamente o contrário, usam em benefício próprio. Tem mais, o governo diz que há déficit na Previdência, e imediatamente, unanimemente, TODOS os políticos e seus asseclas, passam a repetir em uníssono, a mesma mentira. Todos sabem que é uma mentira descabida. Esse rombo é o que a Dilma deu ao país, e não é da Previdência. Desde que foram divulgados os rombos das roubalheiras, é esse valor que estava sendo divulgado, e nem se falava em rombo da Previdência.