Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

07/02/2018 - 12h56

Projeto torna obrigatória inspeção anual em veículos blindados

Will Shutter/Câmara dos Deputados
Audiência Pública e Reunião Ordinária. Dep. Marcelo Matos (PHS - RJ)
Marcelo Matos: muitos projetos de blindagem têm sua eficácia garantida por poucos anos e os usuários tendem a manter seu uso para além desse tempo

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 8958/17, do deputado Marcelo Matos (PHS-RJ), que torna obrigatória inspeção anual em veículos blindados, nos termos de regulamento.

O objetivo é averiguar a eficácia da proteção balística. A medida é inserida no Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97).

“Muitos projetos de blindagem têm sua eficácia garantida por poucos anos e os usuários tendem a manter seu uso para além desse tempo inicialmente assegurado”, justifica o deputado.

“O Estado, então, deve participar do processo, inspecionando os veículos, para que o cidadão tenha segurança de conduzir seu veículo blindado com toda a proteção”, opina.

Tramitação
A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Lara Haje
Edição – Rachel Librelon

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Adriano Seabra Mayer Filho | 23/10/2018 - 17h21
Concordo plenamente com os comentários de Shafic, Rivanildo e Zanon. Afinal, se cada cidadão pode escolher entre ter ou não um blindado, da mesma forma é seu direito submeter-se à eventual perda de eficiência da blindagem. Ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa, senão em virtude de lei. Não existe lei para me forçar a estar "mais seguro", e ademais essa história de "perda de eficiência de blindagem" mais parece falácia ou meio de tirar dinheiro do consumidor (já bastante consumido pelo Estado), pela "inspeção anual".
Shafic Fernando Sacaquini | 15/06/2018 - 12h57
Se os senhores deputados estivessem preocupados com a seguranca do cidadão, deveriam fazer leis para tanto, Liberar o porte de arma p os cidadãos de bem, aumentar a punição para os criminosos e não ficar se metendo em assuntos particulares dos cidadãos. Isso deve gerar algum dinheiro p os deputados, vou mandar um reporter investigar. Aguardem
Rivanildo Santos Teixeira lopes | 28/03/2018 - 20h56
Quero dar os parabéns aos nossos Excelentíssimos deputados por mais uma grande aprovação de um projeto que vai contra o povo e como sempre a favor dos empresários e do governo corrupto de nosso País. Não têm encontrado como sugar mais do povo que ganha um salário vergonhoso que está beirando a miséria financeira em nosso País, um povo que já paga uma carga tributária abusiva e que tem um aumento vergonhoso em seu salário e ainda acham pouco e vem com mais uma oportunidade de sugar os trabalhadores honestos. Não ficarem surpreso se começarem a cobrar tributo pelo ar que respiramos.