Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

21/11/2017 - 08h02

Comissão discute pedido de MP do Ceará sobre funcionamento de associações de PMs

A Comissão de Legislação Participativa realiza audiência pública nesta manhã para debater a ação civil pública impetrada pelo Ministério Público (MP) do Ceará que pode inviabilizar o funcionamento das associações representativas de policiais e bombeiros militares.

O deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG), que propôs o encontro, explica que o MP pediu ao Judiciário que determine às Associações dos Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiro Militar do Estado do Ceará (ASSOF), dos Praças da PM e BM do Ceará (Aspramece), dos Profissionais de Segurança (APS) e dos Cabos e Soldados da Polícia Militar (ACSMCE ) que alterem seus regimentos para “extirpar qualquer possibilidade de representação classista, bem como de realizar atividades típicas de entidades sindicais em favor dos militares”.

O MP pede ainda que o Judiciário mande suspender a consignação em folha das associações que não fizerem essas alterações.

A repercussão dessa ação, na avaliação de Gonzaga, fere de morte a cidadania dos profissionais da segurança pública.

Foram convidados para discutir o assunto representantes de diversas associações de policiais e bombeiros militares. Confira aqui a lista completa de convidados.

Participação popular
A audiência terá início às 10 horas, no plenário 3.

O evento será interativo e que quiser poderá enviar perguntas, críticas e sugestões pelo portal e-Democracia, no banner abaixo.

Da Redação - ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'