Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

21/09/2016 - 14h27

Comissão aprova projeto que cria batalhão universitário da PM

Antonio Augusto / Câmara dos Deputados
Audiência Pública e Reunião Ordinária. Dep. delegado Edson Moreira (PR-MG)
Para Delegado Edson Moreira, não é incomum que criminosos escolham suas vítimas entre estudantes

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado aprovou na terça-feira (20) o Projeto de Lei 4454/16, que cria o Batalhão Universitário da Polícia Militar do Distrito Federal. Segundo a proposta, o batalhão ficará responsável pela ordem pública nas instituições de ensino superior.

O autor, deputado Alberto Fraga (DEM-DF), justificou a necessidade do batalhão tomando por base crimes praticados próximos a universidades e faculdades do DF, principalmente no período noturno, como foi o caso da morte da jovem Louise Ribeiro, de 20 anos.

Na manhã de 11 de março deste ano, a Polícia Militar encontrou o corpo da jovem estudante de biologia da Universidade de Brasília (UnB), que estava desaparecida desde a noite anterior. Segundo a PM, um colega de curso confessou o homicídio e revelou o local onde o corpo estava, um matagal próximo à instituição.

Relator, o deputado delegado Edson Moreira (PR-MG) defendeu a proposta. “Não é incomum que delinquentes selecionem suas vítimas entre estudantes universitários”, disse Moreira, apontando como motivos os horários noturnos de alguns cursos e a ausência de policiamento específico, o que facilita a ação delituosa. Para Moreira, a existência de uma unidade especializada poderá acabar com a atuação dos criminosos.

Tramitação
A proposta, que tramita em caráter conclusivo, e ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Sandra Crespo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Alecio Santos | 12/04/2017 - 13h22
Como o crime ocorreu dentro de uma universidade, entre dois alunos, não seria mais pratico conceder bolsas de estudos para policiais assim eles saberia o que ocorre dentro da universidade e poderiam evita-los.Esse crime em tela não adiantaria ter um batalhao do lado de fora pq iria acontecer de qualquer jeito.