Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto
Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Segurança > Projeto exige documento com impressão digital para dispensa de identificação criminal
20/07/2015 - 11h59

Projeto exige documento com impressão digital para dispensa de identificação criminal

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 8239/14, do deputado João Campos (PSDB-GO), que altera a Lei de Identificação Criminal (12.037/09) para tornar obrigatória a apresentação de documento contendo impressão digital e foto para fins de dispensa da identificação criminal.

Reprodução/TV Câmara
dep. João Campos
Campos: "têm sido comum notícias sobre cidadãos sendo presos equivocadamente, porque criminosos têm utilizado várias identidades para burlar o sistema criminal".

Além disso, segundo o texto, cópias legíveis desses documentos deverão ser obrigatoriamente enviadas aos institutos de identificação e estatística criminal para arquivo e envio ao Instituto Nacional de Identificação (INI).

A medida, segundo o parlamentar, pretende assegurar a real identificação dos cidadãos, evitando que inocentes sejam presos e respondam por delitos no lugar de criminosos.

“Atualmente, os documentos que isentam da identificação criminal não necessariamente precisam conter impressão digital e fotografia, ficando registrado nos bancos de dados dos institutos de identificação apenas os nomes dos indiciados”, diz Campos.

Para o autor, essa situação impede papiloscopistas de identificarem as pessoas, relacionando-as aos crimes cometidos de forma técnico-científica. "Somente com a análise das impressões digitais, a Justiça e as polícias podem ter a garantia de estarem tolhendo o direito de liberdade daqueles que de fato cometem crimes, e não de cidadãos que têm suas identidades utilizadas de forma criminosa por outrem."

O PL 8239 também determina que os dados obtidos a partir de impressões digitais e de fotografias sejam armazenados em banco de dados de biometria, gerenciado por Unidade Oficial de Perícia Papiloscópica.

Tramitação
O projeto será analisado pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Em seguida, será encaminhado para votação em Plenário.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal