Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

27/04/2016 - 19h19

Projeto prevê fisioterapeutas no programa Estratégia Saúde da Família

Pedro França/Agência Senado
Deputados  A - C - Alfredo Nascimento
Nascimento: pacientes pós-cirúrgicos tem dificuldade de locomoção e precisam do fisioterapeuta

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei (PL) 4523/16, do deputado Alfredo Nascimento (PR-AM), que exige a presença de fisioterapeutas na equipe de profissionais de saúde que atuam no programa Estratégia Saúde da Família (ESF) - programa do governo que tratam as pessoas fora do ambiente hospitalar.

Hoje, o Ministério da Saúde sugere uma composição profissional mínima para a equipe de saúde que cuida do atendimento às famílias. Essa equipe deve ser formada por clínico geral ou especialista em saúde da família, enfermeiro, auxiliar ou técnico de enfermagem, além de agentes comunitários e dentistas.

Para Nascimento, entretanto, a ausência de fisioterapeutas é prejudicial, sobretudo para a reabilitação de pacientes pós-cirúrgicos que têm dificuldade de locomoção. “É considerável o efeito psicológico que a visita do fisioterapeuta surte na vida e no cotidiano dos pacientes impossibilitados de se locomoverem devido alguma patologia ou lesão. Além da reabilitação física, cria-se uma relação de confiança”, observou o parlamentar.

Tramitação
A proposta será analisada de forma conclusiva pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; de e Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Emanuelle Brasil
Edição - Luciana Cesar

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'