Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

02/01/2008 - 17h42

Projeto inclui terapia de drenagem linfática manual no SUS

O Projeto de Lei 780/07, do deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), inclui a Drenagem Linfática Manual (DLM) entre as técnicas de tratamento oferecidas pelos ambulatórios do Sistema Único de Saúde. Pela proposta, a prática deve atender pacientes que sofreram mastectomia (retirada da mama), com quadro de linfoedemas (acúmulo anormal do líquido linfático). O procedimento será realizado por profissionais de fisioterapia.

Marquezelli lembra que a DLM é indicada como tratamento terapêutico às pacientes submetidas à retirada da mama. No Brasil são realizadas mais de 30 mil cirurgias de mastectomia por ano. Na maioria dos casos, surgem edemas no quadro pós-operatório.

Consagrada desde 1932 pelo cientista dinamarquês Emil Vodder, a DLM estimula a circulação nos vasos linfáticos, acelerando a absorção de líquidos e eliminando inúmeras formas de edemas.

Tramitação
O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). Marquezelli apresentou um projeto de conteúdo semelhante para oferecer a drenagem linfática entre os serviços do SUS. O PL 544/03 também tramita em caráter conclusivo e está pronto para votação na CCJ.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Roberto Seabra
Edição - Francisco Brandão

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'