Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

10/08/2016 - 19h44

Projeto prevê aproveitamento de água gerada por aparelhos de ar condicionado

Antonio Augusto / Câmara dos Deputados
Reunião sobre a contribuição do setor empresarial para implementação do Acordo do Clima. Ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho
Para Sarney Filho, o aproveitamento da grande quantidade de água retirada do ar pelos aparelhos poderia evitar a escassez

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 4060/15, do deputado Sarney Filho (PV-MA), que torna obrigatória a coleta e o aproveitamento da água gerada pelos aparelhos de ar condicionado, em prédios públicos, privados e comerciais.

Segundo o autor, o objetivo é canalizar a água que escoa pelo equipamento e aproveitá-la em outros usos, além de evitar a formação de ambientes de proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.

“Cerca de 37 a 57 litros de água são condensados pelos condicionadores de ar, por dia. Milhões de condicionadores de ar sendo utilizados diariamente retiram do ar bilhões de litros de água, que, se aproveitados, poderiam evitar a escassez”, justificou o deputado.

Sarney Filho citou dados da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (Abrava), segundo os quais 11 milhões, do total de 62,8 milhões de residências, têm ar condicionado, sem contar os estabelecimentos comerciais.

Tramitação
A proposta será analisada pelas comissões de Desenvolvimento Urbano; de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Emanuelle Brasil
Edição - Sandra Crespo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'