Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Acessível em Libras
  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto
Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Meio Ambiente > Comissão aprova projeto que cria medidas de prevenção contra erosão marinha
11/02/2016 - 18h04

Comissão aprova projeto que cria medidas de prevenção contra erosão marinha

Gustavo Lima/Câmara
Domingos Neto
Domingos Neto: áreas sujeitas a erosão marinha poderão virar APPs

A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 3252/15, do deputado Fábio Faria (PSD-RN), que inclui medidas de prevenção contra a erosão costeira na legislação sobre defesa civil (leis 12.340/10 e 12.608/12).

A proposta determina a realização de estudos, pela União, por estados e municípios, nas regiões e áreas de ocorrência da erosão marinha, sobre os impactos e as medidas preventivas a serem adotadas e sobre a vulnerabilidade dos núcleos urbanos em relação a esse fenômeno.

O projeto também exige que os municípios fiscalizem permanentemente essas áreas, vedando novas ocupações e realocando ocupações das áreas de risco. Além disso, os municípios com áreas sujeitas a erosão marinha deverão ser incluídos no cadastro de áreas de risco previsto na legislação atual.

Segundo o relator, deputado Domingos Neto (PMB-CE), a proposta vai melhorar a gestão das cidades situadas na região litorânea, que concentra a maior parte da população brasileira. “A erosão marinha é um processo natural, mas as atividades humanas têm contribuído muito para intensificá-lo. Nas cidades onde ela ocorre, as medidas paliativas implantadas têm dado poucos resultados e, muitas vezes, terminam por intensificar o processo”, afirmou.

A comissão aprovou emenda do relator que autoriza o Poder Executivo a declarar as áreas com vegetação sujeitas a erosão marinha como de preservação ambiental permanente (APP). Essa regra será inserida no Código Florestal (Lei 12.651/12).

Tramitação
A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – João Vitor
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal