Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

09/04/2014 - 20h55

Alfredo Sirkis vai presidir Comissão Mista sobre Mudanças Climáticas

A comissão acompanha as ações do governo para combater os impactos ambientais e socioeconômicos das alterações climáticas globais.

Zeca Ribeiro
Dep. Alfredo Sirkis
Sirkis destacou o papel do Brasil no debate sobre as mudanças climáticas.

A Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC) do Congresso elegeu nesta quarta-feira (9) os novos presidente, vice-presidente e relator. O deputado Alfredo Sirkis (PSB-RJ) foi eleito para a presidência da comissão, enquanto o senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) ocupará a vice-presidência. O Valdir Raupp (PMDB-RO) será o relator.

A comissão tem a função de acompanhar as ações do governo para combater os impactos ambientais e socioeconômicos das alterações climáticas globais.

Ao tomar posse na presidência da comissão, o deputado Alfredo Sirkis ressaltou a gravidade da questão climática e destacou o papel do Brasil no processo de proteção ao clima.

"Entre os países em desenvolvimento, o Brasil é o único que conseguiu reduzir a emissão de gases poluentes. Por outro lado, sabemos que o perfil da emissão de gases no Brasil está mudando. Há alguns anos, 70% das nossas emissões eram por causa de desmatamento e queimadas. Hoje isso representa 30%, os outros 30% vêm da agricultura e o restante da produção de energia", alertou Sirkis.

O senador Valdir Raupp afirmou que há muito a ser feito para a proteção do meio ambiente no Brasil, especialmente na Região Norte. "Sou favorável ao desmatamento zero. Se depender de mim, vamos produzir um relatório de acordo com os acontecimentos ocorridos no Brasil e o no mundo", disse.

Da Redação - JJ
Com informações da Agência Senado

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'