Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

26/06/2013 - 22h54

Projeto proíbe descarte de lixo em lugares públicos

Arquivo/ Larissa Ponce
Liliam Sá
Liliam Sá: "Todo cidadão tem o dever de colaborar com a limpeza pública".

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5089/13, da deputada Liliam Sá (PSD-RJ), que proíbe o descarte de lixo em praias, rodovias, rios, ruas, praças e lugares públicos. Para isso, a proposta determina a instalação nesses locais de lixeiras “em quantidade e tamanho adequados”.

A fiscalização nas áreas urbanas e praias será responsabilidade das prefeituras, que poderão estabelecer multas para quem descumprir a lei. Nas rodovias, os responsáveis serão os órgãos responsáveis pela sua manutenção. O valor arrecadado pelas multas será destinado à limpeza urbana.

“Todo cidadão tem o dever de colaborar com a limpeza pública. O lixo que vai para o mar causa uma série de problemas aos animais marinhos, como a morte por asfixia, que é o caso das tartarugas, que muitas vezes confundem plásticos com algas ou águas vivas”, destacou a deputada.

Segundo ela, o lixo deixado nas praias também pode prejudicar o ser humano, “envenenando, por meio da cadeia alimentar, e, em muitos casos, podendo levar à morte”.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Rodrigo Bittar
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Moizés | 28/06/2013 - 11h55
Enquanto a lei de resíduos sólidos não for implantada completamente; a coleta seletiva não for de ambito nacional e a educação com relação a estes resíduos não for reiterada de forma intenssiva nas escolas, a população não aprenderá o simples e importante habito de jogar o lixo na lixeira correspondente a cada material reclavel ou biofegradável.