Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

21/09/2018 - 15h03 Atualizado em 24/09/2018 - 18h34

Documentário da TV Câmara é escolhido melhor curta-metragem pelo Júri Popular na Mostra Brasília

O filme Terras Brasileiras, que retrata a disputa entre indígenas e produtores rurais na fronteira entre Brasil e Paraguai, foi exibido no 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

Divulgação/Câmara dos Deputados
Cultura - geral - equipe filme Terras Brasileiras TV Câmara no Festival de Cinema de Brasília
Produção concorreu ao Troféu Câmara Legislativa na categoria Melhor Curta-Metragem

O documentário Terras Brasileiras, produzido pela TV Câmara, foi escolhido o melhor filme de curta-metragem pelo Júri Popular na Mostra Brasília do 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. O documentário, que foi exibido na última quinta-feira (20), concorreu ao Trófeu Câmara Legislativa do Distrito Federal na categoria Melhor Curta-Metragem. 

A Mostra Brasília é dedicada exclusivamente às produções do Distrito Federal. A sessão, que exibiu outros cinco curta-metragens, foi bastante concorrida. O cinema ficou lotado, com algumas pessoas inclusive tendo se sentado no chão.

Terras Brasileiras aborda a questão da demarcação de terras indígenas no País a partir da realidade dos índios Guarani-Kaiowá de Mato Grosso do Sul.

Ouça esta matéria na Rádio Câmara

O documentário mostra a situação de indígenas e produtores rurais que vivem em municípios próximos da fronteira entre Brasil e Paraguai. Em uma disputa que é secular, os dois lados reivindicam a posse da terra. Sobram confrontos, despejos, ataques e até mortes.

Para a diretora do documentário, Dulce Queiroz, é urgente que o poder público dê uma solução para o problema. "Em Mato Grosso do Sul, onde foi rodada a maior parte desse filme, a taxa de homicídios entre os povos indígenas é três vezes maior do que a relativa a toda população brasileira. Há alguma coisa muito errada aí", afirmou. "O Estado e a sociedade precisam se mobilizar para dar um basta e resolver esse conflito que, no final das contas, tem vítimas dos dois lados. Os agricultores também foram vítimas de um processo histórico iniciado pelo Estado lá atrás, há mais de cem anos", acrescentou.

Terras Brasileiras já ganhou os prêmios de Melhor Filme pelo Júri Popular e Menção Honrosa do Júri Oficial no Festival Guarnicê de Cinema, em São Luís, no Maranhão. Também foi exibido em sessões internacionais, no Parlamento Europeu, em Bruxelas, na Bélgica, e na Ecole Normale Supérieure, em Paris, França.

Ficha técnica 
Direção e roteiro: Dulce Queiroz
Direção de fotografia: Cícero Bezerro
Produção: João Gollo
Montagem e finalização: Guem Takenouchi
Arte: Pedro Mafra
Trilha sonora original: Alberto Valerio, Rafael Maklon, Sascha Kratzer e Eurípedes Martins
Áudio: Misael do Rosário
Produção Executiva: Getsemane Silva

Da Redação - MO

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'