Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

10/08/2018 - 17h55

Câmara comemora 94 anos da Sociedade Brasileira de Eubiose

Homenagem foi feita em sessão solene realizada nesta sexta-feira (10)

Em homenagem aos 94 anos da Sociedade Brasileira de Eubiose, comemorados no dia 10 de agosto, a Câmara dos Deputados realizou, nesta sexta-feira (10), sessão solene requerida pelo deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP).

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Homenagem à Sociedade Brasileira de Eubiose.
Câmara homenageou os 94 anos da SBE

Em discurso lido no Plenário, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), destacou os objetivos da SBE e disse que “há mais de nove décadas a sociedade procura estimular a evolução cultural, mental e espiritual do povo brasileiro”.

Entre os objetivos da Sociedade Brasileira de Eubiose estão o cultivo da fraternidade universal, a promoção do estudo comparativo dos conhecimentos dos povos e também o combate ao analfabetismo, aos vícios e aos maus costumes, assim como a promoção de ações educativas, culturais e sociais em benefício de crianças e jovens.

“Tudo isso com a finalidade de proporcionar a elevação moral e mental do ser humano, de desenvolver suas mais nobres virtudes e de transformá-lo em um ser elevado, consciente de si mesmo e senhor e seu destino”, explicou Rodrigo Maia.

O deputado Vanderlei Macris salientou que a Sociedade Brasileira de Eubiose está presente em mais de 20 estados brasileiros. “Ela consolida o desenvolvimento de valores que sempre orientam a experiência humana na busca pelo aperfeiçoamento espiritual e pela construção de novos paradigmas sociais da humanidade”, afirmou.

Para ele, a SBE é um movimento que precisa ser cada vez mais conhecido por todos aqueles que têm interesse no seu crescimento espiritual.

Lei
Em janeiro de 2018 foi sancionada a lei 13.626/18, que instituiu o 10 de agosto como o Dia Nacional da Eubiose.

O coordenador de Ética e Política da Sociedade Brasileira de Eubiose, Fernando Leça do Nascimento, lembrou que essa é a primeira comemoração da data na Câmara dos Deputados. “Agora a nossa fundação material faz parte do calendário oficial nacional”, disse.

Histórico

As bases da SBE começaram a se delinear em agosto de 1924 com o professor Henrique José de Souza e sua esposa, dona Helena Jefferson de Souza. Eles aspiravam um aperfeiçoamento da relação entre o material e o espiritual e criaram a Dhâranâ Sociedade Mental Espiritualista, em Niterói (RJ), que recebeu o nome de Sociedade Teosófica Brasileira, em 1928.

Mais tarde, a instituição assume o nome de Sociedade Brasileira de Eubiose, que remete à expressão de todos os esforços de modo mais organizado possível para se viver em harmonia com as leis universais.

Reportagem – Larissa Galli
Edição – Ana Chalub

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Miguel Ferreira Mouta Junior | 11/10/2018 - 15h18
Como pode uma entidade cultural ser pelo desenvolvimento espiritual do país, se elogia o ex-presidente Getulio Vargas ? Com uma cultura popular fundamentada na miséria ( Samba), criada e estimulada nesta vertente do culto a pobreza ,por Getúlio Vargas, como pode um país crescer sem ser escravo da própria estupidez? - MOUTA cel medico EB, 2a RM.
CRISTINA SOUZA | 20/08/2018 - 16h15
Prezados, Gostei da matéria, entretanto, não saiu nenhuma referencia ao pronunciamento suma relevância do Presidente da Sociedade Brasileira de Eubiose, Sr. Helio Jefferson de Souza.