Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

13/06/2018 - 08h58

Audiência discute registro do forró como patrimônio cultural

A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados discute hoje o processo de registro do forró como patrimônio cultural do Brasil. O debate foi proposto pelos deputados do PCdoB, Daniel Almeida (BA) e Luciana Santos (PE).

Patrick / Wikimedia Commons
Forró
Ao lado dos bens culturais de ordem material, o Poder Público tem também o dever de preservar os bens intangíveis

Segundo os parlamentares, a Constituição de 1988 ampliou consideravelmente o conceito de patrimônio cultural, ao incorporar os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto. Assim, além de monumentos históricos e sítios arqueológicos, as manifestações artísticas, como festas também fazem parte do patrimônio cultural brasileiro.

Registro
Em 2000, o governo federal editou o Decreto 3.551, que institui o registro de bens culturais de natureza imaterial que constituem patrimônio cultural brasileiro. Desde então, diversos bens culturais já foram registrados em livros específicos, entre eles o samba. Nada mais justo, na opinião de Daniel Almeida e Luciana Santos, que o forró receba o mesmo tratamento.

O reconhecimento do forró como patrimônio cultural imaterial, segundo os deputados, foi solicitado em 2011. “Estamos convictos de que o reconhecimento do forró como patrimônio cultural imaterial brasileiro aponta para o fato de que a maior riqueza de nosso País não se resume à exuberância da natureza, nem às dimensões continentais do território nacional, mas se concentra na cultura de nosso povo que, em meio à adversidade e à pobreza a que está submetido, consegue manter viva essa bela tradição cultural nordestina: o forró”, afirmam os parlamentares no pedido para realização dessa audiência.

Foram convidados para participar da discussão, entre outros: a coordenadora do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Marina Duque Coutinho de Abreu Lacerda; e a representante da Sociedade dos Forrozeiros de Pernambuco Tereza Acioly.

Confira a lista completa de convidados.

A audiência será realizada no plenário 10, após a reunião ordinária da comissão marcada para as 14h30, e poderá ser acompanhado ao vivo pelo WebCamara.

Da Redação – ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'