Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

12/05/2017 - 11h24

Comissão isenta móveis escolares de Imposto sobre Produtos Industrializados

sergio vidigal
Vidigal recomendou a aprovação da proposta, com alteração

A Comissão de Educação aprovou proposta que isenta do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) a produção de móveis utilizados em salas de aula.

De acordo com o texto, as beneficiárias da isenção serão as empresas que fabricam esse tipo de móvel. A isenção será regulamentada pela Secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda.

O texto aprovado é o substitutivo do relator, deputado Sergio Vidigal (PDT-ES), ao Projeto de Lei 75/15, do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS). O texto original isenta as escolas do pagamento de IPI na compra dos móveis para as salas de aula.

Segundo o relator, não é adequado condicionar a isenção do IPI à circunstância específica de sua aquisição por escolas. “A isenção só pode ocorrer objetivamente na ocasião da saída do produto do estabelecimento industrial, e não sobre sua finalidade de uso”, disse.

Tramitação
O projeto será analisado ainda, em caráter conclusivo, pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Lara Haje
Edição - Marcia Becker

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'