Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

07/10/2016 - 12h10

Câmara aprova criação do Dia Nacional do Escotismo

Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
Reunião ordinária para discussão e votação do parecer do relator, dep. Evandro Roman (PSD-PR). Dep. Bruno Covas (PSDB-SP)
Bruno Covas: o escotismo deve ser incluído no conjunto das grandes significações nacionais

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou na quarta-feira (5) proposta que cria o Dia Nacional do Escotismo, a ser celebrado anualmente em 23 de abril. O projeto, que tramita em caráter conclusivo nas comissões, segue para o Senado.

O texto é um substitutivo da Comissão de Cultura para o Projeto de Lei 7532/10, do deputado Otavio Leite (PSDB-RJ).

Relator na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, o deputado Bruno Covas (PSDB-SP) defendeu a iniciativa e disse que o escotismo é um movimento mundial, educacional e apartidário e que isso justifica sua inclusão no conjunto das grandes significações nacionais.

“Sem a educação, o protagonismo juvenil, a cidadania, o respeito ao meio ambiente, o fortalecimento dos laços sociais de fraternidade e responsabilidade, não teremos ferramentas para o crescimento sociointelectual de nossas crianças e jovens”, disse o relator ao recomendar a aprovação do substitutivo da Comissão de Cultura.

Segundo Covas, o substitutivo acerta ao considerar mais apropriado instituir o Dia Nacional do Escotismo, no lugar do Dia Nacional dos Escoteiros, como previa o projeto original. “Isso ensejará a reflexão e divulgação dos valores desse movimento, extremamente relevantes para a vida em sociedade”, afirmou.

O relator considerou oportuno expor no texto que o dia 23 de abril foi escolhido em alusão ao Dia Mundial do Escoteiro - comemorado em todo o mundo em homenagem a São Jorge, o padroeiro dos escoteiros. São Jorge é conhecido por ser o santo guerreiro, soldado da cavalaria e o bravo que fez o melhor que pôde e conseguiu superar dificuldades que ninguém ousou enfrentar.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Sandra Crespo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'