Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto

Navegação Global

Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Educação e Cultura > Câmara promove enquete sobre exigência de aprovação no Enade para obter diploma
13/03/2014 - 19h04

Câmara promove enquete sobre exigência de aprovação no Enade para obter diploma

De acordo com proposta em análise, Enade será aplicado anualmente, ao final do último ano de curso, a todos os alunos de graduação. Aprovação no exame será requisito para obtenção do diploma.

Arquivo/ Beto Oliveira
Domingos Dutra
Domingos Dutra ressalta que o MEC é responsável por avaliar qualidade dos cursos: "Estado não pode chancelar uma farsa".

Os alunos que concluírem qualquer curso de nível superior poderão receber o diploma somente depois de aprovados no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). A medida está prevista no Projeto de Lei 5277/13, do deputado Domingos Dutra (SDD-MA), e é tema da nova enquete feita pelo Portal da Câmara.

O Enade é feito periodicamente, dentro do sistema de avaliação da qualidade do ensino do País, sendo admitida a realização por amostragem. Os universitários fazem duas provas: a de formação geral (igual para todos os cursos) e a de componente específico por área, que significam 25% e 75% da nota final, respectivamente.

Se for aprovada a proposta do deputado, o exame será aplicado anualmente, ao final do último ano de curso, a todos os alunos de graduação. A nota de aprovação, inscrita no histórico escolar dos estudantes, será considerada requisito indispensável para a obtenção do diploma.

“Reforçamos o preceito de que cabe ao MEC [Ministério da Educação] avaliar os cursos que ele autorizou e reconheceu, além de aferir a proficiência de seus formandos”, diz Dutra. “Defendemos então que os alunos de todas as áreas obrigatoriamente se submetam à avaliação oficial anual e nela sejam aprovados, como condição para obterem seus diplomas. De outra forma, o Estado brasileiro estará chancelando uma farsa”, acrescenta.

O parlamentar ressalta também que o MEC não pode permitir o funcionamento de cursos de graduação sem qualidade e ver depois os estudantes serem “castigados” pelo mercado.

Nota insuficiente
O projeto estabelece ainda que, no caso de avaliação insuficiente de uma instituição de ensino, os processos seletivos para admissão de novos alunos nos cursos de graduação correspondentes serão imediatamente suspensos.

Atualmente, quando os resultados são insatisfatórios, a faculdade assina um protocolo de compromisso com as medidas a serem adotadas para corrigir os problemas.

Para ser aprovado pela Câmara, o projeto de lei precisa passar pelas comissões de Educação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

E você? É a favor ou contra a exigência de aprovação no Enade para o recebimento do diploma de nível superior? Participe! Vote na enquete e deixe também seu comentário abaixo.

Da Redação - MO
Com informações da Coordenação de Participação Popular

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

JOSE MARIA NOGUEIRA FOGAÇA JUNIOR | 28/07/2015 - 22h10
O MEC deveria sim avaliar melhor as faculdades e universidades, fiscalizando-as, principalmente se os alunos cumprem estágios reais. Na área de medicina, exigir um ano em pronto-socorro para os recém-formados.
Gustavo | 24/06/2015 - 21h56
Nada mais justo que o MEC subsidiar um novo curso e pagar danos morais ao cidadão que confiou numa avaliação errada do MEC.
Isaque Gomes Ribeiro | 24/06/2015 - 16h58
O mais interessante é que existam exames específico para áreas específicas, como a medicina, a farmacêutica, por exemplo. O ENADE, assim como o SARESP, não pode significar nada, pois pode ser camuflado, podendo gerar a expedição de certificados por uma mera aparência. Assim, seria muito mais viável e eficiente o uso de exames específicos de área, de prática e não somente de teoria, como é o ENADE.
  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal