Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

20/08/2018 - 19h36

Proposta autoriza cooperativas de crédito a emprestar recursos de fundos constitucionais

Will Shutter/Câmara dos Deputados
Homenagem aos 75 Anos da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade (CNEC). Dep. Luiz Cláudio (PR - RO)
Luiz Cláudio: atuação das cooperativas vai fortalecer as economias locais

Os bancos cooperativos e as confederações de cooperativas de crédito poderão emprestar recursos dos fundos regionais de financiamento. A medida consta no Projeto de Lei 9261/17, do deputado Luiz Cláudio (PR-RO), em tramitação na Câmara dos Deputados.

A proposta altera a Lei 7.827/89, que regulamenta os fundos constitucionais do Norte, do Nordeste e do Centro-Oeste (FNE, FNO e FCO).

O projeto estabelece que os bancos cooperativos e as confederações de cooperativas de crédito deverão receber, no mínimo, 10% dos recursos dos fundos.

Administração
Atualmente, os recursos são administrados pelos bancos do Nordeste (FNE), da Amazônia (FNO) e do Brasil (FCO). Pela proposta, eles continuarão exercendo o papel de administradores, mas poderão usar a rede das cooperativas para empresas recursos.

Segundo Luiz Cláudio, a proposta visa reduzir a distância entre os bancos oficiais, que gerenciam o patrimônio dos fundos, e o setor produtivo destinatário dos recursos. “Na região Norte, por exemplo, o problema é agravado em face das dimensões continentais da Amazônia”, afirma. “As cooperativas primam por uma atuação mais próxima às pessoas, com claros benefícios para o fortalecimento das economias locais.”

Tramitação
O PL 9261/17 será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'