Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

16/12/2015 - 13h01

Acordo de líderes reduz meta do superavit primário de 2016 para R$ 24 bilhões

Os líderes na Comissão Mista de Orçamento acabam de fechar acordo para reduzir a meta de superavit primário de 2016 do governo federal para R$ 24 bilhões, sem possibilidade de abatimento durante o ano. A meta substituirá a prevista no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que é de R$ 34,4 bilhões.

A diferença será usada para elevar os recursos do programa Bolsa Família (R$ 10 bilhões), cortados pelo relator-geral da proposta orçamentária, Ricardo Barros (PP-PR). Barros também deverá recompor parte do corte que ele aplicou nas despesas correntes do Poder Judiciário.

A mudança da meta de superávit será votada daqui a pouco na comissão. O relator da LDO, Ricardo Teobaldo (PTB-PE), deve apresentar um adendo com o valor acordado.

Reportagem - Janary Junior
Edição - Luciana Cesar

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'