Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

07/11/2018 - 16h51

Marielle Franco e outras quatro mulheres são indicadas para o diploma Carlota Pereira de Queirós 2018

Marielle Franco receberá, in memoriam, o diploma Mulher-Cidadã Carlota Pereira de Queirós 2018, concedido pela Câmara dos Deputados a mulheres que tenham contribuído para o pleno exercício da cidadania e para a defesa dos direitos da mulher e das questões de gênero no Brasil.

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Tribuna das Mulheres
Deputadas escolhem as cinco mulheres que serão homenageadas com o diploma Mulher-Cidadã Carlota Pereira de Queirós 2018

A vereadora do Rio de Janeiro, assassinada em março deste ano, é uma das vencedoras do prêmio, junto com mais quatro mulheres. A escolha das agraciadas foi feita pela Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e a premiação oficial será no dia 29 de novembro, em uma sessão solene no Plenário da Câmara.

Para a deputada Erika Kokay (PT-DF), é importante reconhecer a gravidade social do crime contra Marielle Franco.

"Mulher, negra, de periferia, que desce o morro, assume as tribunas e busca o que é fundamental pra que tenhamos uma sociedade mais liberta e mais humanitária. Marielle foi morta e exterminada sem enredo, assassinada no centro do Rio de Janeiro, com todas as características de execução. Por isso, temos também o feminicídio social e simbólico, que é a tentativa de eliminar a existência do gênero feminino em todos os espaços da sociedade."

Além de Marielle, Luíza Alzira Teixeira Soriano também receberá o diploma in memoriam. Ela foi a primeira mulher a se eleger para um cargo do Poder Executivo no Brasil, quando foi prefeita de Lajes, no Rio Grande do Norte, em 1928.

As juízas Renata Gil de Alcântara Videira e Ana Cristina Ferro Blasi, além da diretora-executiva da Maurício de Sousa Produções, Mônica Spada, foram as outras escolhidas.

Reportagem – Giovanna Maria
Edição – Ana Chalub

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'